Xerife filma mãe abusando de seu filho de um ano como parte de uma ‘fantasia sexual’

Em depoimento, a mulher, que foi detida, acusou o rapaz de coagi-la a cometer o ato

Xerife filma mãe abusando de seu filho de um ano como parte de uma 'fantasia sexual'
Reprodução/Gabinete de Xerife de Iberville

Em Luisiana, nos Estados Unidos, o xerife Shaderick Jones, de 42 anos, foi demitido e preso após filmar a mãe Iyehesa Todd, de 26, fazendo sexo oral no filho de apenas de um ano de idade. O ato fazia parte de uma “fantasia sexual” do homem, de acordo com informações prestadas em coletiva de imprensa pelo chefe de polícia Kevin Ambeau.

Segundo o BuzzFeed News, a filmagem foi publicada no Facebook. A Polícia tomou conhecimento do crime após uma mulher notificar as autoridades que um vídeo de aproximadamente dois minutos, contendo pornografia e abuso infantil, estava circulando nas redes sociais.

A mãe da menina, então, foi identificada e detida por estupro de primeiro grau e incesto. Em depoimento, ela afirmou aos investigadores que foi coagida pelo homem a performar o sexo oral na criança em frente à câmera, em troca de um auxílio com um mandado de prisão contra ela devido a uma multa de trânsito. Kevin Ambeau confirmou à imprensa que realmente havia um mandado de prisão contra a mulher.

Jones também acabou preso acusado de estupro de primeiro grau e posse de conteúdo com pornografia infantil, já que o vídeo do ato foi encontrado em seu celular. “Em meus 16 anos como chefe de polícia, eu nunca tinha visto algo tão nojento e repugnante”, disse Ambeau, que ainda afirmou que está investigando para saber se há outros tipos de acusações contra Shaderick Jones no âmbito estadual e federal. 

“Quero processá-lo por tudo o que fez”, garantiu o chefe de polícia. “Para alguém que tenha esse tipo de fantasia, ele é um indivíduo doente”, acrescentou.

A criança foi levada pelo conselho tutelar e agora está sob custódia de sua avó.