Xadrez ganha espaço para ensino e prática em Rondonópolis

Da Assessoria

Da Assessoria

Foto: Assessoria

Xadrez ganha espaço para ensino e prática em Rondonópolis

Quem frequenta a Biblioteca Municipal Rachid J. Mamed, a biblioteca central, aos sábados tem visto um movimento diferente no local. Em cima das mesas de estudo, ao invés de livros os tabuleiros e as peças de xadrez tomam espaço e as disputas desse jogo centenário acontecem como devem ser, de forma silenciosa. Esse ambiente de tranquilidade e com pouco barulho, agora virou sede dos encontros dessa turma.

A Secretaria Municipal de Cultura sedeu o espaço da biblioteca central para o grupo de exadristas de Rondonópolis se reunir e praticar o jogo, mas a parceria do município vai além. Em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação, o xadrez vai começar a aparecer nas escolas da rede como opção de atividade do contraturno escolar e com isso deve ganhar novos jogadores.

O professor pós-graduado em xadrez e líder do grupo de enxadristas de Rondonópolis, Thiago Stuch Avelhaneda conta que antes os integrantes se reuniam em praças, conveniências ou nas próprias casas e que a parceria com o município tem sido muito importante ao abrir a biblioteca como ‘sede’ do grupo na cidade e também por inserir o xadrez na vida dos estudantes.

Os enxadristas têm um grupo em aplicativo de mensagens com cerca de 90 pessoas, porém no perfil do facebook cerca de mil pessoas já aderiram à comunidade. Com esse fortalecimento o grupo trabalha atualmente para montar uma associação de xadrez oficial e com isso elaborar projetos para buscar recursos para movimentar ainda mais esse esporte na cidade e fazê-lo entrar na vida de mais pessoas.

Os interessados em participar dos encontros e das disputas que acontecem sempre a partir das 16 horas na biblioteca central podem comparecer no local ou obter mais informações por meio do telefone 66 99681-3185 com Thiago.

+ Acessados

Veja Também