Wellington volta a defender cancelamento de eleições municipais


O senador Wellington Fagundes (PL) , mais uma vez, defendeu o cancelamento das eleições deste ano. Fagundes, que participou de coletiva, comandada pelo prefeito Zé Carlos do Pátio, para anunciar o início das obras de asfalto no Oásis, Paineiras e Universitário,  disse que o momento, não é de discutir o processo eleitoral. 

Ele destacou que entre fundo eleitoral e gastos com a Justiça Eleitoral, o processo vai custar mais de R$ 6 bilhões em gastos públicos. “Mas infelizmente teremos eleições este ano é melhor postergar um pouco do que ter uma eleição muito apertada”, disse o parlamentar. 

Fagundes, disse no entanto, que apesar de ser contra a eleição neste ano, dificilmente o processo não será realizado. A tendência é mesmo as eleições serem adiadas para o mês de novembro, mais especificamente no dia 15. 

O parlamentar ainda demonstrou preocupação com o atual estágio da Pandemia da Covid-19 em Rondonópolis. “O momento é de união” , resumiu. “Ninguém tem a receita até agora, então temos que aprender e aprender muito”, completou. 

Ele ainda destacou o risco de faltar medicamento básico nas unidades de Saúde de todo o país como tranquilizantes para pessoas que precisam ser entubados. 

O senador ainda demonstrou preocupação com o futuro dos empregos no país. “O Brasil não pode parar, temos que ter todo o cuidado”, disse.