Wellington vai discutir com o governo medidas para o pantanal

Senador quer saber o que está sendo feito para evitar novos incêndios no bioma

Uma audiência com o governador Mauro Mendes vai discutir, na segunda-feira (19.04), medidas que estão sendo adotadas pelo governo do Estado para prevenção e combate aos incêndios na região do pantanal. A audiência foi marcada pelo senador Wellington Fagundes (PL-MT), que presidiu, no ano passado, a Comissão Temporária Externa do Senado Federal que acompanhou a situação dos incêndios registrados no bioma, no ano passado.

O pedido de audiência, é resultado de seminário sobre o pantanal, organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil, quando vários setores da sociedade manifestaram preocupação com a possibilidade, já apontada por pesquisadores, de que a seca e os incêndios voltem a se registrar na região neste ano.

“Estamos vivendo o final do período das chuvas. Em pouco tempo, o pantanal e boa parte do Brasil passam a conviver com a seca, a baixa umidade relativa do ar e a possibilidade de novos incêndios”, disse o senador.

Segundo ele, a experiência do ano passado mostrou que é preciso planejamento antecipado para evitar a repetição da tragédia, que consumiu 4 milhões de hectares do bioma, causando a morte de milhões de animais e plantas, além de afetar a subsistência do homem pantaneiro.

Entre as ações, estão a contratação e treinamento de brigadistas, a compra de equipamentos pelo Corpo de Bombeiros, medidas para garantir o abastecimento de água, como a construção de poços artesianos ao longo da Transpantaneira, e a parceria com as Forças Armadas.

“Este é o momento de juntar todos os setores da sociedade e começar a atuar para evitar que a tragédia se repita”, diz ele.