Walace celebra retorno à Seleção Brasileira

Meia compara o peso de defender a Seleção Olímpica
Lucas Figueiredo/CBF

Medalhista de ouro com a Seleção Brasileira Olímpica em 2016, nos Jogos do Rio, o meia Walace foi chamado pela primeira vez pelo técnico Tite. Ele está junto com o grupo que se prepara em Londres para os amistosos contra Arábia Saudita e Argentina. As duas partidas serão no país árabe.

Nesta terça-feira (9), ele esteve ao lado de Éderson na coletiva de imprensa. Feliz com o retorno à Seleção Brasileira, Walace deixou muito claro o seu entendimento sobre este momento da carreira.

– Eu procuro tratar assim, como oportunidade da nossa vida. Eu tenho que mostrar tudo o que me fez voltar à Seleção. Creio que os novos tenham essa mentalidade também, todo mundo quer voltar à Seleção, estar aqui novamente.

Aos 23 anos, Walace está ha dois na Alemanha. Se transferiu logo após a conquista do ouro olímpico. Após um início conturbado no Hamburgo, hoje defende as cores do Hannover, clube onde voltou a demonstrar sua qualidade e chamou a atenção da comissão técnica da Seleção Brasileira.

– Não acontece tudo do jeito que queremos, mas cresci como jogador e pessoa. Fui para um campeonato muito intenso, consigo sentir diferença no meu jogo. A intensidade me ajudou bastante. Como pessoa eu consigo estudar o alemão, entender um pouco. Não falo muito porque é complicado, mas me viro muito bem.