Volta do PAA: Conab recebe mais de 3.700 propostas, totalizando R$ 1,1 bilhão

Conab

Conab

Volta do PAA: Conab recebe mais de 3.700 propostas, totalizando R$ 1,1 bilhão

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) recebeu, até a última sexta-feira, as inscrições de projetos das associações e cooperativas da agricultura familiar no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na modalidade Compra com Doação Simultânea (CDS). Foram apresentadas mais de 3.700 propostas, totalizando R$ 1,1 bilhão.

“Essa demanda é uma demonstração de que a nossa agricultura familiar é muito potente e resistiu a tempos de esvaziamento das políticas para o campo agrícola de um modo geral. O governo tem o compromisso de ampliar as políticas para garantir renda ao produtor e enfrentar a fome. Este resultado é um passo inicial para alcançarmos este objetivo “, afirmou o diretor-presidente da Conab, Edegar Pretto.

Os projetos apresentados à Conab reúnem 77 mil famílias agricultoras, indígenas, assentados da reforma agrária, povos e comunidades tradicionais, com previsão de entrega de 248 mil toneladas de alimentos oriundos da agricultura familiar a serem doados a pessoas em situação de insegurança alimentar. “O montante demandado pela agricultura familiar é uma clara demonstração de que o nosso país perdeu, nos últimos anos, oportunidades para geração de renda no campo e combate à fome”, completou Pretto.

Mais de 3.600 associações e cooperativas apresentaram projetos, distribuídos em 1.572 municípios, sendo 49% do Nordeste, 19% do Norte, 15% do Sudeste, 10% do Sul e 8% do Centro-Oeste. Esses projetos têm 70% de participação das mulheres. O PAA prevê que os projetos tenham a participação mínima de 50% de mulheres nas propostas das organizações de produção.

Nos projetos são ofertados mais de 350 tipos de alimentos diferentes, sendo 63% de hortigranjeiros, 18% de processados, 11% de carnes e pescados, 8% de grãos e 0,4% de sementes e mudas. Mais de 75% dos proponentes são associações, demonstrando a força e o apoio ao associativismo e ao cooperativismo.

“Fizemos um forte processo para divulgar a retomada do PAA, os nossos critérios de acesso ao programa e orientar as famílias agricultoras para que tivéssemos esse nível de inscrições”, disse o diretor-executivo de Política Agrícola e Informações da Conab, Sílvio Porto.

O PAA é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), em parceria com os ministérios do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA) e da Fazenda, a  Conab, além de estados e municípios. O Programa foi retomado a partir do lançamento pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 22 de março, na cidade do Recife.

+ Acessados

Veja Também