Vereador Cláudio da Farmácia consegue verba para Rádio Câmara

Vereador Cláudio da Farmácia consegue verba para Rádio Câmara

O presidente da Câmara Municipal de Rondonópolis, vereador Cláudio da Farmácia (MDB), viajou a Cuiabá ontem (16) com o Secretário de Administração Alessandro Brandão, e o Secretário de Comunicação Hermélio Silva, no anseio de conseguirem apoio para a compra de equipamentos e da torre para a Rádio Câmara Rondonópolis, cujo projeto foi aprovado, e tem a outorga da Câmara Federal com a frequência já definida 100.1 FM, publicada no Diário Oficial da União no dia 05 de maio de 2019.

Fizeram uma visita ao Deputado Estadual Nininho em seu gabinete, onde apresentaram ao parlamentar o projeto da Rádio Câmara, que tem como próximo passo a aquisição dos equipamentos.

Na ocasião, o deputado Nininho se comprometeu em convidar os Deputados Estaduais que também são de Rondonópolis, Thiago Silva (MDB), Claudinei Lopes (PSL) e Sebastião Rezende (PSC), para que possam atender a demanda via Emenda Parlamentar no total de R$ 400.000.00, para a compra dos equipamentos e da torre, dessa que será a primeira Rádio Câmara Municipal do estado.

“Foi muito proveitosa a nossa visita ao Deputado Nininho, e é grande a expectativa de que dê certo para que possamos ter de fato a nossa rádio”, falou Cláudio da Farmácia.

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso vem apoiando esse projeto desde 2016, quando bancou o projeto técnico para o pleito da rádio, através do Deputado Guilherme Maluf, numa visita dos vereadores Fulô e Roni Magnani à época.

Para Wanderley Oliveira, superintendente da TV ALMT, esse é o momento crucial para definir a implantação, pois como presidente Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas do Brasil (Astral) sabe muito bem a importância que esse veículo tem para a população, uma vez que o eleitor fica sabendo as ações parlamentares do vereador que ele votou.

“A ALMT é uma referência no sentido de trabalhar em parceria com as Câmaras Municipais, facilitando a implantação das rádios e TVs nessas instituições, essa é uma visão macro da Mesa Diretora que possibilita o Poder Legislativo tornar-se cada vez mais transparente”, disse Wanderley Oliveira.