Várzea Grande será o primeiro município a implantar o Balcão Único, que simplifica abertura de empresas

Várzea Grande será o primeiro município a implantar o Balcão Único, que simplifica abertura de empresas

O sistema deverá entrar em operação a partir do mês de outubro

Várzea Grande será município piloto do Balcão Único, cujo programa permite a qualquer cidadão abrir a sua empresa de forma simples e automática, reduzindo o tempo e o custo. A plataforma digital, uma iniciativa do Ministério da Economia, será voltada para o Empresário Individual (EI), Sociedade Limitada Unipessoal (SLU), Sociedade Limitada com apenas um sócio e sem necessidade de capital mínimo e Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI).

A plataforma e a operacionalidade do novo sistema foram apresentadas nesta manhã (29), em evento realizado no auditório da Famato, que contou com a presença do presidente da Jucemat (Junta Comercial do Estado de Mato Grosso), Manoel Lourenço de Amorim Silva, da secretária de Gestão Fazendária de Várzea Grande, Lucinéia Ribeiro dos Santos, e representantes de várias entidades ligadas ao setor empresarial.

Para se ter acesso às facilidades do novo serviço virtual oferecido pela Junta Comercial, basta que o empresário preencha um formulário eletrônico único, com isso, ele não precisará mais percorrer vários órgãos públicos para formalizar seu negócio. O sistema deverá entrar em operação a partir do mês de outubro.

O presidente da Jucemat, Manoel Lourenço de Amorim, destacou a importância do sistema e da agilidade que as pessoas terão em abrir a sua empresa sem ter de passar por inúmeras etapas, que acabam, na maioria  das vezes, desmotivando o empreendedor. “O nosso objetivo é facilitar a vida do empresário e dar celeridade aos documentos de todos os órgãos envolvidos neste processo de abertura de empreendimento”.

O presidente lembrou ainda que, desde a implantação da REDESIM, o município de Várzea Grande vem operando de forma célere e eficaz na abertura de novas empresas, facilitando a vida, principalmente dos micros empresários que contribuem para o desenvolvimento da cidade, no fomento de geração de emprego e renda, detalhe que foi levado em conta na escolha do município para ser piloto do Balcão Único.

Para a secretária de Gestão Fazendária, Lucinéia Ribeiro dos Santos, a escolha de Várzea Grande para operar o sistema Balcão Único foi recebida com alegria em saber que a cidade tem se destacado pelo trabalho que vem desenvolvendo ano a ano, com intuito não somente de aumentar a receita do município, mas de criar alternativas para facilitar a vida dos contribuintes e daqueles que pretendem aqui investir.

Quanto ao acesso ao REDESIM, a gestora disse que este foi um marco na história de Várzea Grande e que o programa abriu um leque de oportunidades para a geração de emprego e renda. “O maior ganho é a celeridade na abertura de novas empresas que antes demoravam até 120 dias e hoje tem prazo de até 48 horas. Essa organização interna permitiu avanços que hoje geram transparência, confiabilidade e celeridade na prestação de serviços aos contribuintes. O atendimento agora pode ser 100% virtual em Várzea Grande”, destacou a secretária.

Já o secretário de Governo, Benedito Gonçalo de Figueiredo, disse que a gestão do prefeito Kalil Baracat está empenhada em aplicar políticas públicas de desenvolvimento econômico e ações para obter resultados positivos. “O município agrega importantes setores produtivos e para a consolidação de novos empreendimentos é necessário que o poder público dê incentivos e que facilite a vida, principalmente das pequenas empresas”, completou o secretário

.

A equipe responsável pelo Balcão Único estará realizando, a cada 15 dias, reuniões com todos os envolvidos na operacionalização do sistema para sanar as dúvidas e ajustar as questões relativas ao novo sistema.

Noticias Relacionadas