Variedades de produtos regionais incrementam o Festival Gastronômico de Nobres

Picture of Assessoria Sebrae-MT

Assessoria Sebrae-MT

Variedades de produtos regionais incrementam o Festival Gastronômico de Nobres

O evento será nos dias 8 e 9 de setembro a partir das 18 horas, na praça Central da Vila Bom Jardim

Compartilhe:

Promovido pelo Sebrae/MT (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Mato Grosso), a 6° edição do Festival Gastronômico de Nobres, será nos dias 8 e 9 de setembro, a partir das 18 horas, na praça Central da Vila Bom Jardim, em Nobres. A ação visa fomentar o turismo local e incentivar novos empreendedores a criarem um espaço gastronômico no município.

O evento contará com a participação de 10 empreendedores locais, que, com o auxílio do chefe de cozinha, Marcelo Cotrim, prepararam pratos exclusivos para o evento. Estes produtos também estarão disponíveis nos cardápios dos restaurantes participantes até o dia 22 de setembro, porém a ideia é que esses pratos fiquem definitivamente no menu.

Os pratos possuem temperos, aromas e sabores da região, dessa forma os visitantes terão a oportunidade de experimentar receitas criadas a partir de ingredientes regionais, como a banana, pequi, coco de babaçu, coco de akaiá (fruto típico do cerrado), buriti, manga, tamarindo, jatobá e peixes.

Segundo a gestora de Turismo do Sebrae/MT, Marisbeth Gonçalves, os empreendedores têm um fator fundamental para realização do evento e, principalmente, na construção de novas possibilidades de negócios dentro do território.

“Esse festival gastronômico, faz parte de uma estratégia de atuação do Sebrae/MT no município de Nobres em parceria com a Prefeitura e também com o apoio do Conselho Municipal de Turismo. Então, ao longo desse ano fizemos diversas ações no território, para melhorar a experiência do turista. E a gastronomia, eu sempre digo faz parte das três principais perguntas de um turista, que são: aonde eu vou [o que eu vou fazer], onde dormir e o que comer”, comenta a analista técnica da Gerência de Competitividade do Sebrae/MT.

Marcy Kellen Rodrigues que é proprietária do restaurante Akaiá e moradora do Vila Roda D’Água Coqueiral em Nobres, conta que levará um prato de tapioca com massa de coco de babaçu e pastel com massa de coco de babaçu, com variedades de sabores para o recheio.

“Este evento é muito importante, tanto para a nossa região que é turística e recebe pessoas de todo o Brasil e até mesmo do exterior, quanto para o nosso empreendimento devido à visibilidade que ele proporciona. Além disso, tivemos a possibilidade de trocar experiências com o chefe Marcelo Cotrim, que nos desafiou a elaborar pratos usando produtos da nossa região e criar pratos diferentes”, relata a empreendedora.

Outro prato que estará na feira será o da empreendedora Carla Rocha, proprietária do restaurante Casa da Rocha, que é o pancetta com molho de buriti com tamarindo e purê de banana.

“Essa escolha foi feita porque a Casa de Rocha tem um conceito totalmente afetivo, desde a decoração à alimentação. Eu cresci com buriti na fazenda e amo esta fruta. Quando o chefe veio com a proposta de escolher alguma coisa do Cerrado, eu não tive dúvidas de que eu queria o buriti, porque era aquele que mais remetia à minha infância, que remete à minha avó e ao meu pai”, comenta a empreendedora.

No local não pega sinal de internet, mas há uma rede wi-fi aberta ao público.

Evento Sustentável

Além de fomentar o turismo e a gastronomia local, o Sebrae/MT também vai atuar na sustentabilidade do evento. A gestora de Negócios Sustentáveis do Sebrae/MT, Melly Souza, destaca a importância de promover ações sustentáveis como coleta seletiva e compensação de carbono em eventos como o Festival.

“Esse festival gastronômico tem um diferencial, porque todos os resíduos que serão gerados dentro no evento serão segregados para que possamos fazer a destinação correta. O reciclável vai para a cooperativa de reciclagem, os orgânicos nós vamos fazer a compostagem e vamos destinar apenas o rejeito para aterro”, finaliza a analista técnica da Gerência de Competitividade do Sebrae/MT.

Além disso, será medido as emissões de carbono para a realização do evento, ou seja, o quanto será utilizado de água, de energia e o deslocamento do público, para que se possa neutralizar estas emissões.

“Será um evento de baixo carbono, porque além de evitar gerar resíduos também vamos neutralizar as emissões de carbono, por meio dos créditos de biodiversidade. Que é o pagamento de um valor para proprietários de florestas nativas, [que cuida e mantém esta floresta nativa], continuar as ações de proteção e cuidado. Então, além de neutralizar, vamos incentivar estes donos de terras preservadas a continuarem os cuidados com estes locais, garantindo a preservação da biodiversidade”, falou.

Confira abaixo os estabelecimentos participantes e os respectivos pratos elaborados:

Camping Canto da Siriema – Carne Suína frita e glaceada com furrundu. Farofa de torresmo e limão com cumbaru e babaçu. Creme de Mandioca saborizada com Pequi.

Restaurante Akaiá 1 – Tapioca com massa de coco de babaçu – (recheios de carne seca com banana, frango com pequi, pizza com banana, beijinho com babaçu, brigadeiro), pastel com massa de coco de babaçu (recheios de carne seca com banana, frango com pequi, pizza com banana, carne moída).

Restaurante Akaiá 2 – Arroz com babaçu, farofa de manga com babaçu, purê de mandioca com leite de babaçu. Iscas de carne regada ao molho de akaiá.

Temperos do Chefe – Risoto de carne seca com pequi e Mojica de pintado

Pousada da Zita – Ventrecha de pacu assado na folha de bananeira. Mandionese de buriti (mandioca com molho de buriti), vinagrete regado com mel e licor com jatobá. Molho madeira de geleia de jatobá e molho agridoce de buriti e sobremesa de brigadeiro de jatobá com castanha de baru.

Casa da Rocha – Pancetta com molho de buriti com tamarindo e purê de banana.

Camping do Josias – Peixe frito, farofa de banana, arroz branco com maionese de coentro selvagem.

Espetinho da Amanda – Espeto com farofa de manga e molho de manga.

Leroy Açaí – Açaí com creme e Tartar de manga.

Panificadora Avenida – Bolo de pote com brigadeiro de cumbaru, bolo de pote com beijinho de coco de babaçu e bolo de pote de akaiá.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp