UVZ visita Aldeia Tadarimana em ação de prevenção e enfrentamento do Aedes

Da Assessoria

Da Assessoria

Divulgação

UVZ visita Aldeia Tadarimana em ação de prevenção e enfrentamento do Aedes

Dando prosseguimento às ações para combater o mosquito da dengue em Rondonópolis, a Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) esteve, nesta quinta-feira (06), na Aldeia Tadarimana. “Nossa equipe de profissionais verificou um cenário bem mais positivo do que o identificado na cidade. Os índios estão cuidando bem das suas ocas, seus terrenos estão limpos, as caixas d’água asseadas e todo o ambiente com muito menos focos para a proliferação do mosquito da dengue do que o encontrado na zona urbana”, relatou o coordenador da UVZ, Wagner Santos.

Lá, os veterinários fizeram consultas e exames nos animais dos indígenas, aplicaram as vacinas de que eles precisavam, colocaram coleiras, chips e dispensaram os cuidados necessários a cada caso. “Diagnosticamos alguns cães com leishmaniose e, ainda, fizemos cadastros para castração”, contou Wagner.

Além da atenção aos animais, agentes de endemias atuaram na procura e extinção dos lugares sujos e com água parada, que proporcionam o habitat adequado para que o pernilongo se reproduza, e transmitiram orientações sobre as atitudes corretas para evitar a presença de criadouros para o Aedes. Houve, também aplicação de fumacê borrifando o ar com inseticida para matar os mosquitos.

Todo o empenho realizado pela Zoonoses só vai atingir seu objetivo, segundo o coordenador, se a população participar dessa luta e fizer sua parte. Por isso, ele recomenda que, se alguém observar locais onde haja sujeira e água disponível para o Aedes Aegypti procriar, avise a Ouvidoria da SMS, que disponibiliza os telefones 3411-5188 e 34115198. Assim, a Saúde pode encaminhar profissionais para realizarem a vistoria e devida sanitização do lugar. E, caso uma pessoa esteja com suspeita de dengue, também pode ligar para um desses números que vai receber da Pasta a devida atenção e suporte para o tratamento da doença.

+ Acessados

Veja Também