Usuários dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos participam de festa Julina

Picture of Secom/VG

Secom/VG

Usuários dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos participam de festa Julina

Compartilhe:

Os usuários dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), estão participando nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), e polos de abrangências, das tradicionais festas julinas. O evento faz parte da agenda anual das unidades sociais, onde cada região é responsável pela organização e realização do evento cultural. Bandeirinhas, comidas típicas, música e dança de quadrilha traduzem o momento de entretenimento, que começa com a preparação dos ambientes.

O CRAS Jardim Glória realizou na tarde de quarta-feira (06) a festa julina, para o grupo da terceira idade dos polos do Jardim Glória e Mapim. Nesta quinta-feira (07), a confraternização foi com as crianças e adolescentes que participam de projetos e ações na unidade social.

“Os idosos como as crianças estavam eufóricos para a realização da festa que esteve suspensa por dois anos, em função da pandemia da Covid-19. Todos participaram ativamente dos preparativos, na confecção das bandeirolas e nos demais itens que compõem a tradicional festa católica, em homenagem aos santos Antônio, João e Pedro. Neste ano, resolvemos fazer a confraternização tanto com os grupos de idosos como das crianças e adolescentes, porém mantendo a segurança e cuidados necessários”, informou a coordenadora do CRAS – unidade do Jardim Glória, Dandarra Morais Varela.

Segundo ainda a coordenadora, além das sedes dos CRAS estarem realizando a festas Julinas, os polos de abrangência também estarão realizando a festa, de acordo com o cronograma estabelecido por cada região. “Nesta semana, as orientadoras dos polos 23 de setembro e Figueirinha comemoraram em suas unidades, e a animação foi contagiante, tanto na festa dos grupos de idosos, quanto das nossas crianças”.

Como lembra a secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira, os momentos de confraternização são importantes e fazem parte das ações que compõem as atividades realizadas pelos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos, além de ser também uma festa tradicional e que faz parte da cultura de nossa gente.

“Por dois anos as festas estiveram suspensas em nossa cidade, em função da pandemia da covid-19. Neste ano, as unidades sociais voltaram a comemorar esse evento nas suas sedes e polos de abrangência, onde as orientadoras também destacaram a importância de se manter viva uma tradição tão forte, como a das festas juninas e julinas, e que são comemoradas em todo o país”, pontuou a secretária.

Confira mais fotos

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp