Usuários do transporte coletivo em Cuiabá começam a pagar R$ 3,10

| guiratinga | prefeitura amplia distribuição de água no distrito do alcantilado

Usuários do transporte coletivo de Cuiabá passaram a pagar R$ 3,10 pela passagem nesta segunda-feira (26). Até este domingo (25), o valor da tarifa era de R$ 2,80. O aumento de 11% vigorou a parti de um decreto assinado pelo prefeito da capital, Mauro Mendes (PSB). De acordo com a Pantanal Transportes, concessionária do serviço, a nova tarifa já está sendo cobrada e o reajuste também se estenderá para os micro-ônibus da capital. As três empresas que realizam o transporte coletivo em Cuiabá têm um frota total de 383 ônibus, que atendem em média 333 mil passageiros diariamente.

O reajuste não foi justo, na avaliação dos usuários. A população reclama que os terminais de ônibus estão em estado precário. Na região do CPA, por exemplo, além do terminal, os usuários alegam que os pontos de ônibus não têm cobertura e nem placa indicando que seria ponto de ônibus. "Às vezes não tem cobertura, não tem nem sinalização de que aquele local é um ponto de ônibus”, disse a aposentada Vera Lúcia Neves.

Os passageiros começaram a pagar R$ 0,30, o que corresponde a quase 11% no bolso. Porém, o secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá, Thiago França, explicou que o reajuste foi só de 5,4%, ou seja, de R$ 0,16, porque, segundo ele, foi levado em consideração o último reajuste, realizado em março de 2014, quando a tarifa era de R$ 2,95. Ocorre que, depois disso, o valor da tarifa foi reduzido para R$ 2,80, após recomendação do Ministério Público Estadual (MPE).

Segundo a assessoria da Agência de Regulação dos Serviços Públicos (Ager), o preço da passagem dos ônibus intermunicipais – que fazem o trajeto entre Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana – não deverá sofrer alteração.