Unidade de Coleta e Transfusão de Rondonópolis realiza campanha no Dia Nacional do Doador de Sangue

Assessoria - SES/MT

A Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) do Hospital Regional de Rondonópolis Irmã Elza Giovanella realiza nesta sexta-feira (23.11), às 8 horas, a abertura da campanha de doação de sangue em comemoração ao Dia Nacional do Doador de Sangue.

O evento tem como objetivo a conscientização da importância da doação de sangue. O Banco de Sangue funciona em Rondonópolis há 14 anos e atende, além do Hospital Regional, a Unidade de Pronto Atendimento, o Centro de Nefrologia e o Pronto Atendimento Infantil.

O Hemocentro está localizado na Rua Barão do Rio Branco, nº 2.802, Bairro Jardim Santa Marta, em Rondonópolis, e o atendimento é realizado das 7h30 às 18h30, de segunda a sexta-feira.

Restrições que impedem a doação de sangue

Não podem ser doadores pessoas em grupos de risco, que tenham tido hepatite do tipo B, que estão em período pós-tratamento de malária, que tenham doenças do coração ou que foram submetidas a cirurgias de grande porte.

A doação também é proibida para quem faz uso de drogas e pessoas com comportamento de risco, ou seja, aquelas que se relacionam sexualmente sem cuidados.

Quem tiver peso inferior a 50 quilos e idade inferior a 16 anos ou superior a 69 anos também não pode fazer a doação, sendo que o limite para a primeira doação é 60 anos. Quem tem 61 anos ou mais e nunca doou sangue, está inapto.

Também não podem doar sangue pessoas com resultado de anemia no teste realizado imediatamente antes da doação, com hipertensão ou hipotensão arterial no momento da doação, com febre no dia da doação, gestantes ou lactantes cujo parto tenha acontecido há menos de um ano ou que estiverem com aumento ou diminuição dos batimentos cardíacos no momento da doação.

Para outras informações sobre doação de sangue, ligue no telefone (66) 3426-9848.