Uma mulher sofre violência a cada quatro horas em Rondonópolis

Foto: Assessoria

A cada quatro horas, um mulher sofre um ato de violência em Rondonópolis, de acordo com números divulgados pela presidente do Conselho da Mulher, Mariúva Valentim Chaves.

Ela explicou que , no ano passado, foram 2,5 mil registros de casos de violência contra a mulher em Rondonópolis.

No entanto, a preocupação do Conselho é que apesar do volume de casos, é com a delegacia da Mulher. A presidente do Conselho entende que a delegacia deve funcionar nos finais de semana e não no expediente normal. “O problema é que muitos casos ocorrem justamente no final de semana”, disse a presidente do Conselho.




No dia 8 de março, o Conselho deve fazer um ato público, na praça dos Carreiros. “Vamos fazer algumas falas e seguir as recomendações da Organização Mundial de Saúde”, disse.