UBS da Vila Operária foi alvo de vândalos antes da entrega, mas será recuperada

Foto: Wheverton Barros

A região da Grande Vila Operária ganhou recentemente mais um importante reforço na área de atendimento de saúde. A Prefeitura Municipal de Rondonópolis havia construído essa Unidade Básica de Saúde (UBS) na Avenida Bandeirantes nº 5.571, Vila Operária, o que iria ampliar o serviço de prevenção, atendimento e assistência médica a toda a população da região.

Todavia, a unidade acabou sendo vítima da ação de vândalos, que invadiram o local recém-construído, no início do mês de março, furtaram a fiação da rede elétrica, danificaram a pintura das paredes, além de destruírem as bancadas de mármore existentes e também a porta de entrada, causando vários prejuízos ao erário.

Assim que soube do ocorrido, a Secretaria Municipal de Saúde, iniciou um detalhamento dos danos e levantamentos dos trabalhos necessários para a reparação dos prejuízos e os seus respectivos custos e abrir um processo de licitação para contratação de uma empresa para promover os reparos necessários.




Iniciada em fevereiro do ano passado, a construção da unidade passou por alguns entraves técnicos burocráticos, sofreu alguns reveses com um certo atraso no andamento, mas foi concluída e entregue a secretaria de saúde, que já estava estruturando o pessoal (servidores), bem como os equipamentos e mobiliários necessários para colocá-la em funcionamento, não fosse a ação dos marginais.

ESTRUTURA

Conforme o Projeto Arquitetônico, a UBS da Vila Operaria dispõe de: recepção; sala de reunião das ACSs – Agentes Comunitárias de Saúde; almoxarifado; copa; sala para esterilização; expurgo; sala do médico; enfermaria; sala para curativo; inalação; vacina; gabinete de odontologia e consultório médico; sala para triagem; e, banheiros adequados e acessíveis aos PNEs – Portadores de Necessidades Especiais e pintura interna em material epóxi e látex acrílica em toda a unidade.

Segundo informações do fiscal da obra, engenheiro civil Gabriel do departamento de obras da SMS a nova unidade de saúde, foi edificada com recursos próprios do município, a um custo de investimento da ordem de R$ 514.667,13; com um prazo inicial de conclusão de oito meses.

AMPLIANDO AS ESTRUTURAS

As ações de construção, ampliação, reforma e readequações da infraestrutura da rede municipal de saúde, o objetivo principal da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, é criar mecanismos e políticas públicas de saúde que ampliem e ofereçam um atendimento mais humanizado e com mais qualidade e conforto aos pacientes referenciados nesta região bastante adensada da cidade, e que engloba uma população superior a 70 mil habitantes dispostos em mais de 60 bairros circunvizinhos.

Infelizmente por conta dos atos de vandalismos praticados por alguns desocupados, não foi possível colocar a unidade em funcionamento e a disposição da comunidade; mas assim que tudo for reparado a UBS vai reforçar e ampliar o atendimento de saúde à comunidade.

A atual administração vem trabalhando duro para deixar um legado de compromisso e dedicação à população de todas as regiões da cidade, mas com um olhar especial, direcionado principalmente às mais carentes.