TRE-MT constitui Comitê que definirá medidas de segurança contra o Covid 19


A Justiça Eleitoral de Mato Grosso constituiu o Comitê de Gerenciamento de Crise – COVID 19, que definirá um plano de ação para que o retorno das atividades jurisdicionais e administrativas ocorra de forma segura, com redução dos riscos de contágio pelo novo coronavírus para os servidores, eleitores e demais cidadãos. O comitê não tem a finalidade de definir a data de retorno das atividades presenciais e a adoção do teletrabalho por 100% dos servidores segue por tempo indeterminado.

“O retorno do trabalho presencial depende da evolução da pandemia. E como sua evolução é dinâmica e incerta não podemos, com os dados atuais, definir a data do retorno. Mas isso não nos impede de elaborarmos, previamente, um plano de ação com a proposição de medidas eficazes a serem implementadas para um retorno seguro, além de estabelecer formas de acompanhar sua execução. Retomar as atividades jurisdicionais e administrativas de forma segura requer tempo de análise, de estudo, de discussões sobre quais medidas de segurança serão realmente eficazes”, destacou o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, Gilberto Giraldelli.

O Comitê será presidido pelo Diretor Geral do TRE-MT, juntamente com servidores que atuam nas secretarias Judiciária, de Tecnologia e Informação, de Administração e Orçamento, de Gestão de Pessoas; na Corregedoria Regional Eleitoral; nas coordenadorias de Controle Interno e Auditoria, de Assistência Médica e Saúde; nas assessorias Jurídica, de Planejamento, de Comunicação, da Presidência e no cartório eleitoral. Também integram o Grupo de Trabalho profissionais da saúde – médico e psicóloga.

O Comitê foi constituído pela Portaria n. 208/2020 publicada no Diário da Justiça Eletrônico, n. 3167, de 26 de maio de 2020. O Grupo de Trabalho deverá apresentar a primeira etapa do plano à Presidência até o próximo dia 5.