Traficante de drogas sintéticas e dono de boca de fumo são presos em ações distintas da Polícia Civil

Picture of Polícia Civil-MT

Polícia Civil-MT

Foto: Polícia Civil-MT

Traficante de drogas sintéticas e dono de boca de fumo são presos em ações distintas da Polícia Civil

Ações da Delegacia de Entorpecentes foram realizadas na cidade de Ponta Porã (MS) e em Cuiabá

Compartilhe:

Dois traficantes, envolvidos com o comércio e distribuição de drogas, foram presos pela Polícia Civil, na tarde de quinta-feira (14.03), em ações distintas realizadas pelas equipes da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

As prisões integram os trabalhos da Operação Erga Omnes, deflagrada pela Polícia Civil de Mato Grosso para combate à atuação de facções criminosas no estado.

A primeira prisão foi realizada na cidade de Ponta Porã, Mato Grosso do Sul, em trabalho conjunto com a Delegacia de Polícia do município. O alvo era um traficante de 25 anos investigado pelo envolvimento com o tráfico de drogas sintéticas e associação criminosa.

A prisão foi resultado de um meticuloso trabalho de investigação realizado pela equipe da DRE com apoio da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul.

A segunda prisão ocorreu durante cumprimento de mandado de busca e apreensão, em uma residência no bairro Jardim Industriário em Cuiabá. No local, os policiais da DRE encontraram diversas porções de cocaína, balança de precisão, valores em dinheiro, possivelmente proveniente da atividade de tráfico.

A droga e os demais apetrechos foram apreendidos e o suspeito responsável pelo comércio ilícito foi conduzido à DRE, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

“Destaca-se a importância da cooperação entre as unidades policiais para combater efetivamente o crime organizado e o tráfico de drogas na região, bem como as ações no combate ao tráfico doméstico na Capital e baixada cuiabana”, disse o delegado titular da DRE, Wilson Cibulskis Júnior.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp