Tio alcoólatra mata sobrinha de 17 anos com quase 30 facadas

Picture of Metrópoles

Metrópoles

Marido é preso pela Polícia Militar por esfaquear mulher em
Pixabay/Ilustrativa

Tio alcoólatra mata sobrinha de 17 anos com quase 30 facadas

Segundo delegado que investiga o caso, o tio não tinha bom relacionamento com ninguém da família. Após as facadas na sobrinha, ele se matou

Compartilhe:

O tio suspeito de matar a sobrinha de 17 anos com quase 30 facadas, em Catalão, no sudeste goiano, era alcoólatra e não tinha um bom relacionamento familiar, de acordo com o delegado Marcos Vinícius Costa, que investiga do caso. Segundo o Corpo de Bombeiros, o homem se matou após o crime.

Conforme o investigador, o homem tinha problemas com bebida, era recluso e não se dava bem com ninguém da casa. O caso aconteceu no sábado (1º/6), na casa em que a adolescente morava com o tio e o avô. A vítima e o suspeito não tiveram os nomes divulgados.

Nessa terça-feira (4/6), os familiares da vítima foram ouvidos. Segundo Costa, apesar de não ter histórico de violência, o tio não tinha uma boa relação com a família.

Segundo a Polícia Militar de Goiás (PMGO), no momento do crime, estavam na casa a adolescente, o tio e o avô da vítima. O pai da adolescente a visitava periodicamente e a mãe dela estava na casa da avó da menina, disse Marcos.

Morte a facadas

A adolescente de 17 anos teve vários ferimentos de faca pelo corpo, como no pescoço, antebraço, mão e abdômen. De acordo com a Polícia Técnico-Científica, a vítima morreu no local pela grande perda de sangue.Play Video

O avô da vítima, que também é pai do suspeito, contou à polícia que estava dormindo quando ouviu a neta gritar por socorro. Nesse momento, ele tentou impedir as agressões, mas foi intimidado e ameaçado pelo filho.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp