Thiago Silva defende ensino sobre educação financeira para estudantes

Da Assessoria

Da Assessoria

Thiago Silva propõe educação financeira nas escolas

Thiago Silva defende ensino sobre educação financeira para estudantes

O professor e economista, deputado estadual Thiago Silva (MDB), tem atuado na Assembleia Legislativa e na Comissão de Educação para fomentar projetos que pautam a importância do aprendizado sobre temas como a educação financeira para os estudantes de Mato Grosso.

É de autoria do parlamentar, o Projeto de Lei n.° 73/2023 que cria o Programa de Realização de Palestras e/ou Atividades extracurriculares sobre o Código de Defesa do Consumidor e Educação Financeira nas Escolas.

De acordo com a proposição, as palestras têm por objetivo orientar e ambientar os alunos em relação ao Código de Defesa do Consumidor e propiciar uma Educação Financeira pautada no consumo consciente. Com a aprovação do projeto, poderão ser distribuídas cartilhas e folders, dentre todos os meios didáticos de que dispuser a escola, visando a melhor compreensão do tema por parte dos alunos.

Thiago também apresentou o Projeto de Lei n.° 102/2023, que dispõe sobre a inclusão do tema Educação Financeira como conteúdo transversal no currículo das redes públicas e privadas de ensino de Mato Grosso.

“Precisamos conscientizar os nosso jovens sobre a importância da educação financeira. Não queremos ver as novas gerações endividadas e o nosso foco principal é preparar os estudantes para o futuro com orientações sobre o consumo consciente e a importância da educação financeira para o bem-estar das suas famílias”, comentou o deputado.

A professora Neide Silva pontuou que os projetos do Thiago Silva vêm de encontro com a necessidade dos jovens. “Hoje, vemos que o consumo tem sido feito de maneira desregrada e, isso, acaba prejudicando o futuro de muitos jovens e seus familiares”, disse.

Segundo o parlamentar, os projetos são providenciais para que as crianças e adolescentes aprendam a administrar seus gastos, visando ter uma vida financeira equilibrada. “O aprendizado destes temas visa a uma prática de consumo consciente para a nossa juventude, diferenciando vontades de necessidades, e essa orientação deve iniciar em casa e também no ambiente escolar.”, ressaltou.

ENDIVIDAMENTO EM MATO GROSSO

De acordo com o Serasa, hoje, metade da população de Mato Grosso possui dívidas. Esse número corresponde a 1.335.184 de pessoas endividadas no Estado. A soma de todas as dívidas vencidas dos mato-grossenses representam um total de R$ 6,9 bilhões.

A pesquisa ainda mostra que o valor médio das dívidas a R$ 5,2 mil em junho deste ano. O número representa um aumento 11% em relação ao mesmo mês de 2022. Em agosto de 2023, cada consumidor negativado do Estado, devia em média R$ 4.511,96 na soma de todas as dívidas. Os dados ainda mostram que 30,32% possuíam dívidas com valor de até R$ 500,00, percentual que chega a 44,13% quando se fala de dívidas de até R$ 1 mil.

+ Acessados

Veja Também