Thiago Silva cobra retomada de obras paralisadas da Escola Adolfo Augusto de Moraes

Picture of Da Assessoria

Da Assessoria

Thiago Silva com a diretora na fiscalização das obras paradas

Thiago Silva cobra retomada de obras paralisadas da Escola Adolfo Augusto de Moraes

Compartilhe:

O presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa e deputado estadual Thiago Silva (MDB) iniciou a semana nas escolas da rede pública estadual de ensino de Rondonópolis. Tanto que, nesta segunda-feira (6), vistoriou as obras da Escola Estadual Adolfo Augusto de Moraes que teve início há mais de seis anos e, até hoje, não foram concluídas – com investimentos de mais de R$ 4 milhões por parte da gestão estadual.

A primeira paralisação da obra ocorreu, em 2016, após a empresa contratada estar envolvida em esquema de fraudes no escândalo da Operação Rêmora, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de Mato Grosso (Gaeco). Em 2021, o governador Mauro Mendes anunciou a realização do processo licitatório e, assim, a contratação ocorreu em setembro de 2022, mas a empresa não cumpriu o cronograma das obras – em que interrompeu as atividades em maio deste ano.

Segundo a diretora Andréa Nunes Machado, a última empresa atuava de forma precária, nos últimos meses, até abandonar as obras e acredita que não alcançou nem 20% do projeto executivo proposto. “A gente fica na expectativa, se vai fazer uma nova licitação. É uma escola de período integral, em que precisa oferecer aos alunos uma estrutura adequada, com espaço mais atrativo e moderno. Essa situação se arrasta há muitos anos. Há muito a se fazer, trocar toda a parte elétrica, telhados, pisos, janelas e ter acessibilidade. Também, precisamos de mais salas de aulas, reformar todo o refeitório e a quadra poliesportiva”, pontua.

Durante a visita, Thiago Silva verificou as instalações da instituição e foi parado por estudantes que informaram a insatisfação com as condições precárias na infraestrutura do ambiente escolar. “São pais, alunos e a comunidade escolar que pedem para que sejam concluídas as obras da escola para terem um ambiente adequado para contribuir com o trabalho dos educadores e aprendizagem dos alunos. Tivemos na Seduc (Secretaria de Estado de Educação), na última semana, e já pontuei essa situação e esperamos a nova licitação para a contratação de uma nova empresa”, explicou.

O assessor parlamentar Wilber Maciel acompanhou o deputado estadual na agenda e acompanhará todo processo administrativo junto à Seduc para contratação da nova empresa.

A unidade escolar é considerada uma das instituições mais tradicionais da rede pública de ensino, sendo uma das mais antigas de Rondonópolis, com mais de 50 anos de existência. Atualmente, atende cerca de 290 alunos do 7º ano do ensino fundamental ao 3° ano do nível médio, em período integral, das 7h às 16h

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp