Thiago Muniz diz que prefeito não amadureceu politicamente nem administrativamente devido à postura sobre a Santa Casa

thiago muniz diz que prefeito não amadureceu politicamente nem administrativamente devido à postura sobre a santa casa



O fechamento da UTI pediátrica continua causando revolta na Câmara de Vereadores. Alguns dos vereadores ficaram ainda mais na `bronca´, após o prefeito Zé Carlos do Pátio declarar apoio ao governador Pedro Taques e que se caso o Legislativo autorizar, a Prefeitura assumiria a gestão do hospital.

Para o vereador Thiago Muniz essa declaração mostra que o atual prefeito não amadureceu politicamente nem administrativamente, e mais, continua trabalhando como um divisor da cidade.

“Ele deveria ser um líder e unir a sociedade, mas faz o contrário. O prefeito não consegue nem administrar o que é de sua responsabilidade e quer gerir a Santa Casa? Ele se contradiz em suas falas, pois há alguns dias declarou que o município estava sobrecarregado na saúde pela falta de repasses do Estado, e agora ele defende o governador, não tem como entender”, disse.

Pedro Taques justifica que repassou um valor maior que há um ano, subindo de R$ 27 milhões para R$ 38 milhões. Segundo Thiago, o aumento do repasse é natural, devido a inaugurações da UTI Pediátrica e acréscimo de leitos em outras UTI´S.

“O que não pode é inaugurar um serviço de alta complexidade e depois não repassar o pagamento. Isso é um absurdo”, reclamou o vereador em seu discurso.

Sobre as denúncias anônimas que surgiram sobre a direção da Santa Casa, o parlamentar espera que seja investigado, mas que os serviços não parem, e que não façam um jogo covarde prejudicando a cidade de Rondonópolis.