Thiago Muniz diz que não há clima para realização das eleições em outubro

O vereador Thiago Muniz (DEM) explicou que não há clima no momento para a realização das eleições em outubro, devido a Pandemia do Coronavírus. Ele acredita que devido a Covid-19 a eleição programada para este ano deve ser adiada e o mandato dos atuais gestores possivelmente prorrogados pela Justiça Eleitoral. “Não vai ter outra alternativa, se não a prorrogação das eleições com mandado, estamos em junho e já falam prorrogar para dezembro, não sabemos como estará essa Pandemia, em agosto”, disse o vereador em entrevista ao site Primeira Hora

Muniz, que é pré-candidato a prefeito, deixou claro que não defende a prorrogação dos mandatos. “Essa não é a minha posição”, resumiu. Mas, por outro lado, reconhece que as circunstâncias podem levar ao adiamento e possivelmente à prorrogação de mandatos. “É uma situação muito complicada, principalmente nos grandes centros onde a situação ainda é grave”, disse.

O vereador questionou que em uma campanha há reuniões e atos com a participação de pessoas, visitas de candidatos a residências, o que pode gerar mais casos da Covid-19. “Seria uma irresponsabilidade muito grande, não há clima para eleições, na verdade eu torço é que saia logo uma vacina, essa é a verdade”, completou.






O parlamentar ainda lembrou que as Olimpíadas foram adiadas para o ano que vem e que as eleições suplementares para o senado que estavam marcadas para abril acabaram sendo canceladas. “Quando o governador Mauro Mendes na época defendeu o cancelamento muita gente não entendeu, mas hoje está vendo”, resumiu.

Ele ainda completou que o senador Wellington Fagundes está liderando uma PEC para adiamento das eleições deste ano com prorrogação de mandatos.

Leia mais sobre o assunto

Pré-candidatos devem tomar cuidados no período de pré-campanha, orienta advogado