Terceira edição do “Bazar do Bem” em Várzea Grande encanta e contribui para causa nobre

secom-vg

secom-vg

Terceira edição do “Bazar do Bem” em Várzea Grande encanta e contribui para causa nobre

Após o encerramento do Bazar do Bem, neste sábado, dia 02, a atenção está agora na divulgação do valor arrecadado que será destinado à Associação Várzea-Grandense da Pessoa com Deficiência para melhorias em sua estrutura física.

Neste sábado, dia 02 de dezembro, também foi dia da terceira edição do “Bazar do Bem” em Várzea Grande, uma iniciativa do Gabinete de Apoio às Ações Transformadoras (GAAT) em parceria com a Prefeitura Municipal. O evento, realizado no antigo Várzea Grande Tênis Clube, em frente à Prefeitura, é uma iniciativa da primeira-dama Kika Dorilêo Baracat, promotora de Justiça.

Em meio à diversidade de produtos, desde roupas a acessórios, a primeira-dama expressou seu contentamento com o sucesso das vendas: “Estamos muito felizes com a adesão da comunidade. Cada peça vendida representa uma contribuição valiosa para a Associação Várzea-Grandense da Pessoa com Deficiência (AVDF). Agradeço imensamente a todos que doaram e compraram, tornando este evento um verdadeiro sucesso”.

O evento contou com a presença de associados da AVDF, como Claudio da Luz, cadeirante, que elogiou a iniciativa: “Foi muito legal, interessante a forma que acharam para nos ajudar, estão de parabéns tanto quem participou quanto quem organizou”.

Eunice de Paula, outra cadeirante associada, destacou que “É gratificante ver quanto essas pessoas que estão comprando vão nos ajudar, ajudar uma associação que trabalha em prol de pessoas carentes e com deficiência”.

Naide Francisca, moradora do Costa Verde, possui uma doença degenerativa e integra a associação. Ela elogiou a organização do evento e ressaltou a importância das contribuições. “Achei muito lindo, bem organizado, maravilhoso. Na associação de deficientes temos vários cursos, então essas pessoas estão ajudando com a nossa capacitação também”.

APROVAÇÃO POPULAR E APOIO À CAUSA SOCIAL – Além dos associados da AVDF, o Bazar do Bem atraiu diversas pessoas da comunidade, como João Clemetindo, 41 anos, servidor público, que compartilhou suas experiências e impressões sobre o evento. “Comprei sapato, cinto, calça, camisa, tudo já pensando nas festas de final de ano. Estou levando uma bolsa de presente para minha namorada. Tudo de ótima qualidade e tem um fundo social, então gostei de participar”.

Maria Clarice, 32 anos, servidora pública, também teve oportunidade de expressar suas vivências no Bazar do Bem. “Comprei um vestido maravilhoso e roupas para o dia a dia. A primeira-dama está de parabéns pela inciativa principalmente pela ajuda a uma entidade tão importante como é essa que trabalha com pessoas deficientes”, disse.

Marcos Roberto Vasconcelos, morador no Icaraí, destacou a importância do Bazar do Bem. “Essa ideia de reaproveitamento é muito boa, coopera para todos. Além de saber que é para uma obra social, é muito gratificante”.

Nicole Zomer, moradora do Jardim Itororó, expressou seu entusiasmo com a proposta de reutilização: “Eu acho super interessante dar a chance de outras pessoas experimentarem o gosto que você tem. É bom reutilizar. Achei o máximo a ideia”. 

VALORES ARRECADADOS – Após o encerramento do Bazar do Bem, realizado neste sábado, dia 02, a expectativa agora se volta para a divulgação do montante arrecadado nos próximos dias, após balanço das vendas. O valor angariado será destinado à Associação Várzea-Grandense da Pessoa com Deficiência (AVDF) e terá como foco a realização de melhorias na estrutura física da instituição.

“Essa etapa é crucial para fortalecer ainda mais o impacto positivo dessa ação beneficente, contribuindo para proporcionar um ambiente mais adequado e inclusivo para todos os associados. A transparência na divulgação dos resultados reforça o compromisso e a seriedade do Bazar do Bem com sua missão de promover mudanças positivas na comunidade”, declarou a primeira-dama Kika Dorilêo Baracat.

Confira mais fotos

+ Acessados

Veja Também