Talita Bernardo encara Sarah Moras no próximo sábado no UFC Moncton

Brasileira busca sua primeira vitória na organização diante de canadense

Brasileira busca sua primeira vitória na organização diante de canadense

Em busca da primeira vitória no Ultimate, a atleta brasileira Talita Bernardo, da equipe IFTeam de Barra de São João-RJ, encara a canadense Sarah Moras, na categoria peso-galo, no UFC Moncton, no Canadá, no próximo sábado (27).

Acompanhada do treinador Josimar Júnior, Talita Bernardo embarca para a cidade canadense nesta segunda-feira (22). A brasileira diz estar confiante em obter sua primeira vitória no UFC.

“Estou muito bem fisicamente. Estou com o peso super controlado para poder bater e busquei treinar um pouco mais de trocação, mais movimentação. Fiz uma preparação acima da média”.

“Tive tempo de analisar tudo sobre a minha adversária, fazer a estratégia baseada nisso e treinar as partes que precisava melhorar. Quero entrar no octógono e fazer o meu melhor. Desta vez a vitória virá para o Brasil”, disse a confiante Talita.

Aos 31 anos de idade, a brasileira tem cinco vitórias e três derrotas na carreira profissional. Apesar de duas apresentações malsucedidas no UFC, Talita Bernardo não considera que a pressão pela vitória influenciará o desempenho no combate.

“Estou muito tranquila psicologicamente. As minhas duas lutas anteriores serviram como aprendizado e experiência. Vencer e perder faz parte do esporte. Fiquei um pouco decepcionada com o revés, mas não posso ficar pensando no que já passou”.

“O foco é sempre a próxima luta. Estou com a minha estratégia pronta. Agora é lutar focada na vitória. Tenho certeza que desta vez o resultado será diferente”, comentou.

Mesmo com o tempo de preparação que teve, Talita quer evitar desgastes desnecessários no combate. A brasileira vai tentar levar a luta para o chão, mas planeja surpreender em pé antes de colocar seu carro-chefe em prática.

“Previsível creio que é, porque todo mundo sabe. As pessoas que lutam comigo já acham que vou querer levar para o chão, acham que só sei fazer isso. Então acho que vou surpreender um pouco mais porque não vou mostrar a hora da queda”.

“Vou encurtar e trocar até o momento que achar adequado, porque levar para o solo exige muita força e, para poder controlar isso, sem gastar energia à toa, tem que entrar no momento correto e isso fará toda a diferença”, concluiu.

A adversária Sarah Moras foi revelada no TUF 19. Com o mesmo cartel de Talita Bernardo – cinco vitórias e três derrotas – a canadense tem quatro lutas no UFC, e soma dois triunfos (diante de Alexis Dufresne e Ashlee Evans-Smith) e dois reveses (contra Jéssica Bate-Estaca e Lucie Pudilova).