Suspeito paga R$ 60 em tornozeleira eletrônica e é preso pela Rotam em MT

Ilustrativa - Foto por: PMMT

Na tarde desta sexta–feira (03), policiais militares do Batalhão Rotam  flagraram um homem de 22 anos utilizando uma tornozeleira eletrônica desligada e que não lhe pertencia, ele foi preso no bairro Pedregal. O suspeito confessou que comprou o equipamento de monitoramento de outra pessoa para mostrar que é perigoso.

Os policiais realizavam patrulhamento de rotina na Rua Mamoré quando visualizaram o suspeito com mais dois homens em uma esquina, em fundada suspeita. Durante abordagem pessoal, o policial notou que o suspeito utilizava a tornozeleira eletrônica e que ela estava desligada.

O homem relatou que pagou a um usuário de drogas a quantia de R$ 60 pelo equipamento para, segundo ele, “ostentar e pagar de perigoso”. O irmão do verdadeiro dono da tornozeleira estava entre o grupo abordado pela PM. Inicialmente ele chegou a passar um nome falso, mas acabou confessando que o equipamento é do irmão. A PM também conduziu o suspeito de 21 anos para a delegacia.