Síndrome de Borderline: Musa fitness revela as dificuldades da doença durante a quarentena

Divulgação

Oscilação de humor, medo e sensação de solidão. Sentimentos comuns, mas, quando combinados, podem resultar na Síndrome de Borderline, um problema psicológico que leva a pessoa a ter transtornos de personalidade. Quem sofre desse mal é a musa fitness Raissa Barbosa, que contou pela primeira vez como vem enfrentando a doença na quarentena.

Divulgação

“O transtorno em si já é difícil, mas eu achei que a quarentena me deixou com as oscilações de humor um pouco mais tranquilas, pois me parece que o contato social me faz ter mais raiva e mudanças de humor repentino. Mas depois tudo muda e novamente, começam as angústias, preocupações e medos. Eu achava que estava bem e do nada me sinto mal novamente”.

Divulgação

Ela revelou que os primeiros sintomas foram percebidos pelo seu ex-namorado, estudante de medicinam, mas não quis acreditar. “Ele falou para eu procurar um psiquiatra, pois não era normal eu estar bem em um minuto e no outro mudar totalmente, sem mais nem menos. Relutei, mas procurei ajuda e foi então que descobri que tinha o transtorno”. Essa é a primeira vez que a modelo fala sobre o assunto.

Divulgação



Raissa está solteira e contou que firmar um relacionamento desde que descobriu a Síndrome, em 2019, está muito difícil. “Todas as minhas relações foram conturbadas por causa do transtorno, um cara terminou comigo e me sugeriu buscar um psiquiatra, mas depois que eu descobri ficou mais fácil entender o porquê de eu ser uma pessoa um pouco difícil de lidar. A pessoa com Borderline faz uma tempestade num copo d’água por coisas que casais normais facilmente resolveriam”.