Sicoob registra aumento de 21,7% nas Operações de Crédito durante o segundo trimestre

Com relação ao mesmo período de 2019, indicador cresceu mais de R$ 12 bilhões

Entre abril e junho de 2020, o Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) atingiu a marca de R$ 67,4 bilhões em Operações de Crédito, valor 21,7% maior do que o concedido no segundo trimestre do ano passado. Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, o Sicoob mostra mais uma vez sua força ao promover a justiça financeira para os seus cooperados e as comunidades em que as cooperativas estão inseridas, oferecendo produtos e serviços financeiros com taxas justas.

Dentro desse indicador, destacam-se os valores ofertados em Empréstimos e Antecipação de Recebíveis, que chegaram a R$ 46 bilhões – alta de 22,3% com relação ao 2T19 – e Financiamentos Rurais e Agroindustriais, atingindo R$ 17,5 bilhões – crescimento de 13,2% quando comparado ao igual período do ano anterior.

Adicionalmente, o Sicoob viu suas Sobras Líquidas crescerem 10,8%, alcançando R$ 671,2 milhões, contra R$ 606,5 milhões registrados no 2T19. O termo “Sobras Líquidas” é utilizado para representar o lucro líquido das cooperativas financeiras e indica o volume de recursos que serão distribuídos entre os cooperados do sistema ao fim do período contábil, já que a instituição não tem fins lucrativos.

Os ativos totais avançaram 24,3%, chegando a um saldo de R$ 134,9 bilhões em junho de 2020, ante a R$ 108,5 bilhões no mesmo período do ano passado. O Patrimônio Líquido do Sicoob cresceu 11%, somando R$ 24,1 bilhões.

Com relação aos Depósitos Totais, o Sicoob viu crescer em 33,9% este indicador no 2T20, chegando a R$ 89,8 bilhões, contra R$ 67 bilhões no mesmo período de 2019. Destaca-se neste quesito os Depósitos de Poupança, que avançaram 36,5% (chegando a R$ 7,7 bilhões) e os Depósitos a Vista, que alcançaram R$ 24,4 bilhões (alta de 68,9%).

Este ano, apesar dos bons resultados, o Sicoob aumentou as Provisões para Operações de Crédito em 25,1%, chegando a R$ 4,3 bilhões. O incremento da projeção se faz necessário para a proteção de resultados futuros frente às incertezas econômicas ocasionadas pelo novo coronavírus.

Um dos grandes destaques do período foi o aumento substancial na quantidade de cooperados que passaram a integram o Sicoob. Se em junho de 2019 o sistema contava com 4,5 milhões, no fim do segundo trimestre de 2020 são mais de 4,8 milhões de cooperados, um crescimento de 8,5%, apesar de todas as dificuldades que a pandemia do novo coronavírus trouxe à sociedade.

“Hoje é possível se tornar um cooperado pelo aplicativo Sicoob Faça Parte. Depois, eles podem participar das decisões da cooperativa remotamente, via aplicativo Sicoob Moob. Mantivemos nossa atuação firme para continuar promovendo a justiça financeira no Brasil mesmo em meio a tantas intempéries”, afirma Marco Aurélio Almada, diretor-presidente da Confederação Nacional do Sicoob e Banco Cooperativo do Brasil S/A.

Atualmente, o Sicoob é a única instituição com pleno atendimento financeiro em 304 municípios brasileiros, chegando a 1.972 cidades em todo território nacional e somando 3.413 pontos de atendimento. Em um ano, foram inaugurados cerca de 370 locais para atendimento, contrapondo as instituições financeiras tradicionais, que reduzem constantemente a presença física em diversas localidades.

Com completo portfólio de produtos e serviços financeiros, o Sicoob destaca-se como uma alternativa segura para pessoas físicas e jurídicas, investindo constantemente em estruturas e processos que contribuem para uma governança íntegra.