Sete mulheres são presas ao tentar entrar com drogas em presídio de MT

Revistas na PCE levam a prisão de sete mulheres com drogas destinadas a seis internos
Asessoria/PJC-MT

Sete mulheres que tentavam entrar com drogas na Penitenciária Central do Estado (PCE) e seis internos receberiam o entorpecente e outros materiais ilícitos foram autuados em flagrante, em ação conjunta de agentes penitenciários e policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso.

Todos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico e serão encaminhados para audiência de custódia.

As prisões foram efetuadas na tarde de quarta-feira (20.03), após recebimento de denúncias anônimas informando que algumas mulheres fariam a entrada de drogas na PCE, no período de visita. Agentes prisionais e equipes da GCCO efetuaram a prisão de 13 pessoas e apreensão de grande de drogas e chips de aparelhos celulares.

Em revistas na entrada dos visitantes, os agentes penitenciários flagraram Taene Minely Silva com cocaína, escondida em uma vasilha com alimentos. Em ação contínua, equipes formadas por policiais da GCCO e agentes realizaram cerco ao local reservado para a triagem das visitantes e deram início à abordagem às pessoas que ali estavam.

Foram localizadas dezenas de invólucro contendo diversas substâncias entorpecentes, dentre eles pasta base de cocaína, maconha e cocaína pura, além de de chips telefônicos devidamente acondicionados para entrada clandestina no estabelecimento. Parte do material foi dispensada durante as revistas e outra foi localizada acondicionada em bolsas e pertences pessoais.

Com o auxílio de testemunhas, do controle de acesso de pessoas da Penitenciária Central do Estado, e ainda das imagens de monitoramento da unidade prisional, foram identificadas as setes mulheres que tentavam entrar na unidade prisional com os materiais ilícitos, destinados a seis internos da Penitenciária.