Sete mulheres denunciam à polícia golpista conhecido como ‘galã do Tinder’; homem foi preso em operação

Picture of G1

G1

Renan Augusto Gomes foi preso nesta quarta-feira (22), na região de Pirituba, Zona Norte da capital — Foto: Reprodução

Sete mulheres denunciam à polícia golpista conhecido como ‘galã do Tinder’; homem foi preso em operação

Compartilhe:

Sete mulheres procuraram a Polícia Civil para denunciar o homem conhecido como o “galã do Tinder”, suspeito de aplicar golpes em São Paulo e em São Bernardo do Campo após conhecer as vítimas em aplicativos de relacionamento.

Renan Augusto Gomes foi preso nesta quarta-feira (22), na região de Pirituba, Zona Norte da capital paulista, durante operação conjunta entre a Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic) de São Bernardo do Campo e o Ministério Público.

Ele foi encontrado pelas equipes na Avenida Raimundo Pereira Magalhães em um carro. Na tentativa de fugir, Renan chegou a bater em três veículos. Contudo, acabou detido e foi encaminhado para a delegacia. Um vídeo registrou o momento da perseguição.

O g1 tentou contato com a defesa de Renan, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Como eram os golpes

Segundo a polícia, as investigações apontaram que Renan tinha diversos perfis em redes de relacionamento, entre eles Tinder, Inner, Happn, Lovoo. Ele se identificava como Augusto Keller.

Para as mulheres, todas de classe média alta, ele dizia que era filho de alemães e que seus pais tinham morrido em um acidente de carro em Araçatuba (SP). Ele assumia namoro e chegava até a conhecer os familiares das vítimas.

Suspeito tentou fugir da polícia e colidiu carro em outros três veículos — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Suspeito tentou fugir da polícia e colidiu carro em outros três veículos — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Porém, com o tempo, passava a pedir dinheiro emprestado alegando problemas com a Receita Federal ou com bancos e depois desaparecia deixando as vítimas com dívidas. Uma das vítimas relatou prejuízo de R$ 200 mil.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp