Setasc promove capacitação do programa Criança Feliz para trabalhadores do Suas

Picture of Setasc-MT

Setasc-MT

Thyara Savana Soares e o pequeno Cristofer Caleb são atendidos pelo Programa Criança Feliz, em Santo Antônio do Leverger - Foto por: Layse Ávila

Setasc promove capacitação do programa Criança Feliz para trabalhadores do Suas

Compartilhe:

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) promoveu nesta semana a capacitação da segunda etapa de formação do programa Criança Feliz para supervisores e visitadores de dez municípios,com o tema “Capacitação Cuidados para o Desenvolvimento da Criança (CDC)”.  A programação, que começou na segunda-feira (24.07) e finalizou nesta sexta-feira (28.07), aconteceu no município de Santo Antônio do Leverger (35 km de Cuiabá).

O programa Criança Feliz, é uma ação do Governo Federal instituída por meio do Decreto nº 8.869, de 5 de outubro de 2016, e consolidada pelo Decreto nº 9.579, de 22 de novembro de 2018, com a finalidade de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida. A Setasc, como coordenadora do programa em Mato Grosso, deve capacitar os municípios para realizarem as visitas domiciliares, com a finalidade de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida. 

No total, 23 representantes de dez municípios participaram da capacitação. Estiveram presentes servidores de Alta Floresta, Alto Paraguai, Arenápolis, Barra do Bugres, Castanheira, Jaciara, Lucas do Rio Verde, Novo São Joaquim, Poconé e Terra Nova do Norte.  A coordenadora de Gestão de Programas e Projetos Assistenciais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) da Saas, Marielza Gonçalves, afirmou que a capacitação faz parte da segunda etapa de formação que os profissionais devem realizar. 

“Nós fizemos a primeira etapa, que era o guia, e agora nós temos a metodologia da visita domiciliar. Através dessa semana de formação eles aprendem como abordar a família, as atividades no domicílio entre o cuidador e a criança. A partir daí, promovem o fortalecimento de vínculo e as interações familiares”, declarou.  O secretário de Assistência Social de Santo Antônio do Leverger, Rafael Victor Pedroso de Lima, disse que foi uma honra para o município receber a equipe da Setasc com a capacitação. 

“Mostra o reconhecimento de como o Programa Criança Feliz vem sendo executado em Santo Antônio do Leverger. Estamos extremamente felizes, porque a nossa equipe se dedica no acompanhamento das crianças e suas famílias. Receber a capacitação é muito importante para o nosso município e aponta que desenvolvemos o programa com sucesso”, declarou.Segundo a supervisora do programa Criança Feliz em Lucas do Rio Verde (331 km de Cuiabá), Paula Sanches Silva Denk, afirma que neste módulo da capacitação a prática é imprescindível para a formação dos profissionais. 

“A gente aprende a teoria e consequentemente temos um embasamento. Mas a prática proporciona muito mais. Compreendemos a realidade das famílias, e isso torna o conhecimento mais rico, porque nos faz assimilar o aprendizado vivenciado em sala de aula”, destacou.

Thyara Savana Soares, moradora da Comunidade Veredas é mãe do pequeno Cristofer Caleb e Yohana Valentia, de um ano e dois meses e seis anos, respectivamente. A família é acompanhada pela equipe do Programa Criança Feliz, do município de Santo Antônio do Leverger e recebeu a visita das profissionais que estavam em treinamento. Ela destacou que as profissionais do programa auxiliam no desenvolvimento das crianças. 

“Esse trabalho que elas fazem todas as semanas, acompanhando as crianças, é muito importante. Tem crianças que demoram muito a se desenvolver e a ajuda delas com atividades e brincadeiras que estimulam faz toda a diferença. Eu agradeço muito por esse trabalho, porque o Cristofer se desenvolveu demais e está muito esperto”, disse Thyara.

Ela ainda reforçou que a capacitação das profissionais só fortalece o Programa Criança Feliz. “Quanto mais visitadoras o Governo de Mato Grosso puder capacitar, será melhor para as famílias e para as novas mães, porque elas também acompanham mães de primeira viagem”, finalizou.


Programa Criança Feliz

O programa Criança Feliz tem caráter intersetorial, ou seja, envolve várias políticas públicas com a finalidade de promover o desenvolvimento integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida. Sendo assim, o Criança Feliz agrega as políticas de assistência social, educação, cultura, saúde, direitos humanos, entre outras, tendo sua coordenação na Secretaria Nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano, do Ministério da Cidadania. 

Como a visita domiciliar constitui estratégia fundamental do programa Criança Feliz, o conhecimento dos profissionais que atuarão no atendimento às famílias sobre a oferta de políticas e serviços da rede, existentes nos territórios, nos campos da assistência social, saúde, cultura, educação e direitos humanos possibilitará o suporte adequado às demandas identificadas.

O programa Criança Feliz tem como público-alvo: 

  • Gestantes e crianças de 0 a 36 meses e suas famílias inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico; 
  • Crianças de 37 a 72 meses e suas famílias beneficiárias do BPC1; 
  • Crianças de até 72 meses afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida protetiva prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp