Servidores da Secretaria de Saúde são incentivados ao autocuidado e recebem sessões de reiki e auriculoterapia

Prefeitura de Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá

Gustavo Duarte/Prefeitura de Cuiabá

Servidores da Secretaria de Saúde são incentivados ao autocuidado e recebem sessões de reiki e auriculoterapia

Seguindo com a programação do Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio, a Coordenação de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizou, na manhã desta sexta-feira (10), um café da manhã seguido de sessões de práticas integrativas e complementares em saúde (PICS) oferecidos aos servidores que atuam na sede da pasta.

A coordenadora técnica de Saúde Mental, Roseli Batista, fez um breve discurso aos presentes, destacando que o serviço público pressupõe atender e lidar com pessoas das mais variadas personalidades e que o profissional precisa estar preparado para atender bem a todos e, ao mesmo tempo, manter-se bem. “Estamos iniciando este Setembro Amarelo e dedico este café da manhã e também as práticas integrativas como forma de aliviar essa rotina do dia a dia e para que vocês pensem que precisamos cuidar da gente para depois cuidar do outro. Isso é essencial”, afirmou.

A técnica de enfermagem Lucinei Rodrigues, que atua no setor de imunização, elogiou a iniciativa. “Eu achei muito gratificante ser relembrado o Setembro Amarelo para nós que precisamos porque todos nós temos algum probleminha de saúde mental. Então, foi muito bem colocado para as pessoas que é preciso ter o autocuidado diante de todo esse problema que estamos sofrendo no Brasil todo e no mundo todo, que é a covid-19 e outras violências que sofremos”, disse.

A servidora da atenção secundária da SMS, Alexia Keiviny Ferreira, acredita que ações como a realizada pela Coordenação de Saúde Mental são importantes e eficazes. “Tem uma eficácia muito grande na vida da gente, até para a gente ajudar outras vidas e nos ajudar também. Nunca tinha ouvido falar de auriculoterapia e reiki e achei muito bom, me senti mais leve, mais relaxada. É importante o equilíbrio da saúde emocional, da saúde mental para nos ajudar a enfrentar tudo isso que estamos passando de forma mais sadia e mais leve e principalmente, com Deus no coração. Precisamos ter cuidado redobrado e pensar não só em nós, mas nas outras pessoas também”, comenta.

Setembro Amarelo

Com uma vasta programação preparada para todo o mês de setembro, a Coordenação de Saúde Mental e as unidades básicas de saúde estão realizando atividades voltadas tanto para o público interno, no sentido de capacitar os profissionais da saúde, bem como para a população em geral.

Nesta sexta-feira (10), às 19h, terá início uma série de lives sobre saúde mental. O tema do primeiro evento virtual será “Rede de Atenção Psicossocial” com as participações da secretária de Saúde, Suelen Alliend; do secretário-adjunto de atenção Primária, Dr. Xavier; da coordenadora de Saúde Mental, Roseli Batista e da responsável técnica de Saúde Mental na atenção primária, Sandra Pinto Moraes. A transmissão será pelo canal da Prefeitura de Cuiabá no Youtube.

No dia 16 de setembro, às 19h, pelo perfil da Prefeitura de Cuiabá no Instagram, haverá a live com o tema “Uso abusivo de álcool e outras drogas por crianças e adolescentes”, com as participações das médicas psiquiatras Mariana Carvalho Moura e Maria Eduarda de Musis, que atendem no Centro de Atenção Psicossocial – CAPS Adolescer.

No dia 23 de setembro, às 19h, também pelo Instagram da Prefeitura de Cuiabá, ocorrerá a live que abordará os “Reflexos da pandemia no aumento do número de casos de autolesão em crianças e adolescentes”. O debate contará com a psiquiatra Adriana Rangel, do CAPS Adolescer e com a médica residente de Psiquiatria da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Ana Luiza Campos Ramos, que atua no Centro Integrado de Assistência Psicossocial (CIAPS) Adauto Botelho.

A última live do mês será no dia 30, às 19h, pelo canal da Prefeitura no Youtube, abordando o assunto “Setembro Amarelo na perspectiva da reforma psiquiátrica”, com foco nos profissionais da saúde. O tema será abordado pelos psicólogos Gabriel Henrique Pereira e Guilherme Augusto Duarte.

+ Acessados

Veja Também