Semma intensifica ações de combate as queimadas em Rondonópolis

consumo das festas de final de ano aumentam a produção de resíduos na capital

Nesta segunda quinzena do mês de julho começa o período de maior incidência de queimadas em lotes urbanos em Rondonópolis. A equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) alerta que estão proibidas queimadas na área rural neste período e que, durante todo o ano, as queimadas em lotes urbanos são alvo de proibição e fiscalização contínua. Com infrações multadas de acordo com a gravidade, os valores variam de R$ 405 a R$ 10 milhões.

Segundo o gerente do Núcleo de Fiscalização da Semma, João Fernando Copetti Bohrer, o período proibitivo tem relação direta com as condições climáticas na cidade. “A gente tem uma piora da qualidade do ar neste período, daí precisamos intensificar o combate, pois é quando diminuem os níveis de umidade no ar e a temperatura sobe, assim, a fumaça só vem piorar essa situação, afetando a saúde da população, gerando problemas respiratórios principalmente entre crianças e idosos”, explica.

Com relação às multas, o gerente diz que os valores variam de acordo com a gravidade da queimada. “Se alguém iniciar uma queimada em lote sujo, a pessoa é multada no valor de 135 UFR [Unidades Fiscais de Rondonópolis], o que daria aproximadamente R$ 405; Mas se a queimada envolver resíduos perigosos, a multa parte de mil e pode chegar a R$ 10 milhões”.

João Fernando ainda diz que há uma equipe que trabalha nas autuações de queimadas e que existem propostas educativas para minimizar essas ocorrências. “Além do trabalho da nossa equipe de fiscalização, iniciaremos uma campanha educativa junto ao Juizado Volante Ambiental, com distribuição de folhetos explicativos na Praça Brasil e depois nos bairros mais críticos, onde existem mais casos de queimadas”.

De acordo com o levantamento da equipe de fiscalização da Semma, os lotes ociosos com maior incidência de queimadas estão concentrados nas regiões do Sagrada Família, Residencial Granville II e Vila Salmen.

Para ajudar no trabalho dos fiscais, a Semma possui um Disque Denúncia. Quem presenciar uma queimada em lote urbano ou rural pode ligar no 3411-5108 ou no celular 99234-4005.