Sefaz e concessionária discutem adequação de posto fiscal na BR-163

| guiratinga | prefeitura amplia distribuição de água no distrito do alcantilado

O secretário de Fazenda de Mato Grosso, Paulo Brustolin, recebeu nesta sexta-feira (20) representantes da Rota do Oeste, concessionária do grupo Odebrecht TransPort, para tratar do projeto do Posto Fiscal Benedito de Souza Corbelino, localizado no km 4 da BR-163, em Itiquira. Hoje a unidade de fiscalização funciona no local em que será construída a nova pista da rodovia, que passa por duplicação.

Diante do impasse, Brustolin destacou que essa é a principal entrada e saída de Mato Grosso. “É o ponto de fiscalização mais importante do Estado, portanto, o nosso compromisso aqui é ter um projeto de adequação pronto em 20 dias”, pontuou. O projeto será elaborado pela Sefaz e apresentado à concessionária em 12 de março.

Além da duplicação, a Rota do Oeste é responsável pela recuperação, conservação, manutenção e implantação de melhorias da BR-163, entre os municípios de Itiquira e Sinop, um trecho com extensão de 850,9 quilômetros.

O diretor de Operações da concessionária, Fábio Abritta, explica que a duplicação da rodovia passa pelo pátio de fiscalização do posto e que a reunião com a Sefaz é justamente para buscar a melhor solução a fim de evitar problemas futuros. Garante, ainda, que a Rota do Oeste está cooperando na elaboração do projeto. “A duplicação tem de ser feita dentro da faixa de domínio da BR-163, então para que o pátio continue funcionando é preciso ampliá-lo”, disse.

O secretário Brustolin reforçou, ainda, que o momento é de concentrar esforços para que a adequação seja feita o mais rápido possível. Dessa forma, enfatizou a integração da equipe da Sefaz para dar agilidade ao processo. “Mato Grosso tem que ter uma nova postura para fiscalizar, o Estado nunca esteve precisando tanto de um trabalho bem feito, então precisamos arregaçar as mangas e fazer isso funcionar. Queremos mudar o Estado e isso começa por aqui”.

Também participaram da reunião os secretários-adjuntos de Receita Pública, José Roberto Miorim, e de Administração Fazendária, Maria Célia de Oliveira Pereira, e servidores da Superintendência de Controle e Fiscalização de Trânsito (Sucit) e da Coordenadoria de Patrimônio e Serviços (CPAS) da Sefaz.