Secretário diz que depende da Prefeiutura para estado “bancar” UTIs da Santa Casa

Gilberto Figueiredo em reunião do Conass - Foto por: SES MT

O secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, garantiu que o Estado tem de manter novas UTIs em Rondonópolis via Santa Casa. Ontem (5) , em live, transmitida por sua assessoria, ele explicou que para isso é preciso que o município de Rondonópolis oficialize o pedido. 

Figueiredo foi mais longe e lembrou que o estado tem condições de arcar com os valores das diárias das UTIs caso não haja credenciamento pelo  governo federal. “E se for credenciar nós pagamos a diferença de valores”, completou Figueiredo. 

A direção da Santa Casa tem explicado que tem condições técnicas e espaço para instalar mais dez UTIs , praticamente dobrando a capacidade do Hospital para o tratamento da Covid.

A Santa Casa conta atualmente com dez UTIs para a Covid, que foram contratadas pelo Governo do Estado.