Secretaria de Saúde desenvolve ações voltadas para segurança do paciente

Profissionais serão capacitados após assinatura de termo de compromisso em abril deste ano

Governo de Mato Grosso transfere cerca de R$ 1 milhão a hospitais filantrópicos
Christiano Antonucci Secom MT

Nesta terça-feira (17.09), é celebrado o Dia Internacional da Segurança do Paciente e com a proposta de atingir as seis metas preconizadas pela Joint Commission International (JCI), em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES-MT) desenvolve diversas ações voltadas à temática e está mobilizada na capacitação contínua dos profissionais dos hospitais regionais.

A qualificação é resultado de um termo de compromisso assinado pelo secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, em abril deste ano.

“Estamos investindo em gestão na área da Saúde e, para isso, contamos com o auxílio de referências nacionais e parcerias mediadas pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Para as unidades hospitalares de Mato Grosso, já viabilizamos consultorias continuadas com os hospitais do Coração, Albert Einstein e Oswaldo Cruz. Em se tratando de segurança do paciente, contamos com o amparo da Associação Hospitalar Moinho dos Ventos”, explicou Figueiredo.

A SES-MT tem a missão de incentivar e ofertar diferentes formas de educação em segurança do paciente e, com a finalidade de tornar o trabalho ainda mais robusto, também constrói o Plano Estadual de Segurança do Paciente nas redes de atenção em Saúde.

Para a secretária adjunta de Gestão Hospitalar, Deisi Bocalon, por meio de um trabalho persistente e eficaz, Mato Grosso terá condições de atingir as seis metas.

“O Estado estava muito incipiente com relação à segurança do paciente, mas com o apoio do Conass e com a intervenção da atual gestão, o resultado deve ser sentido em, no máximo, seis meses, pois estas são metas possíveis de serem alcançadas a partir do momento que as equipes comecem a trabalhar em prol do objetivo”.

As metas são: identificar o paciente corretamente; melhorar a comunicação efetiva; melhorar a segurança dos medicamentos de alta vigilância; assegurar cirurgias com local de intervenção, procedimento e paciente corretos; reduzir o risco de infecções associadas aos cuidados de saúde e reduzir o risco de lesões ao paciente, decorrente de quedas.

Dentre as ações macro, ainda está prevista a implantação do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) em todos os hospitais regionais e estaduais de Mato Grosso. Um NSP é composto por diversos profissionais da saúde, como enfermeiro, fisioterapeuta, médico e nutricionista. A finalidade deste núcleo é promover melhorias relacionadas à segurança do paciente, de forma a prevenir e reduzir a incidência de eventos adversos no atendimento e internação.

“Os NSPs devem promover a prevenção, controle e mitigação de incidentes, além da integração dos setores, e possibilitar a articulação dos processos de trabalho e das informações que impactam nos riscos ao paciente. Eles exercem papel fundamental no incremento de qualidade e segurança nos serviços de saúde. Daí a importância de se trabalhar em redes de atenção à saúde”, acrescenta Queli Cristina de Oliveira, enfermeira e técnica da SES-MT responsável pela condução do processo da construção do plano de segurança do paciente.

Os Hospitais Regionais de Rondonópolis e de Várzea Grande já possuem um NSP. O Hospital Estadual Santa Casa e a unidade regional de Colíder estão com o núcleo em fase de elaboração.

A fim de fomentar a discussão acerca da segurança do paciente, a secretaria realizará, em breve, uma web aula com os hospitais estaduais e regionais, por meio do Telessaúde. O objetivo é mobilizar e qualificar os profissionais para implementação do núcleo.

Ações da semana

Com a intenção de conscientizar os profissionais para este tema e mostrar aos pacientes que eles estão em um local seguro, os hospitais sob a gestão estadual irão promover, entre terça e sexta-feira (17 e 20.09), diversas atividades como decorações com itens que remetam a cor da campanha, laranja; apresentação de vídeos curtos com as 6 metas internacionais; entrega de material explicativo aos colaboradores dos hospitais; discussão em equipe sobre o protocolo de segurança do paciente e apresentação à equipe sobre a importância da eliminação de riscos na assistência em saúde.

Empenhados em acelerar a construção do Plano Estadual, a SES-MT também realizará, na quinta-feira (19.09), a 1ª oficina estadual de Segurança do Paciente; o evento ocorrerá no auditório da Controladoria Geral do Estado (CGE), em Cuiabá. “Cada área envolvida será responsável pelo planejamento e execução das ações de Segurança do Paciente em seu âmbito de atenção. Vale ressaltar que as pessoas envolvidas neste processo estarão elaborando o Plano Estadual de Segurança do Paciente”, conclui Queli Cristina.