Sábado é dia de vacinação antirrábica em Rondonópolis

ministério da saúde convoca o cidadão para que no novo ano o combate ao mosquito faça parte da rotina

Na próxima semana donos de cães e gatos devem ficar atentos, pois no sábado (17) ocorre o Dia 'D' da vacinação antirrábica na zona urbana. As equipes de saúde estarão organizadas para receber a população nas unidades, entre outros postos de vacinação.

Devem ser imunizados animais com idade mínima de quatro meses. Cadelas no cio, prenhas ou amamentando também devem receber a vacina. Conforme a meta estipulada pelo Ministério da Saúde, o município deve vacinar 80% dos animais, ou seja, 26 mil cães e 3,6 mil gatos.

O gerente do Departamento de Saúde Coletiva, Edgar Prates, reforça que mesmo não havendo casos da doença no Estado e no país há muitos anos, os cuidados devem ser contínuos prezando, portanto pela prevenção.

Raiva

A raiva é uma zoonose (doença transmitida aos humanos pelos animais) causada pelo Rhabdovirus, que não tem cura e é quase sempre letal. A doença pode atingir todos os mamíferos de sangue quente, até mesmo o homem, e no meio urbano, o principal e maior transmissor da raiva para o ser humano é o cão.

Os sintomas do animal raivoso são caracterizados pela perda do apetite, baba frequente, permanência em locais isolados e escuros, cansaço, permanecendo sempre no chão. Após a mordida, a vítima deve procurar a Unidade de Saúde mais próxima, em até três dias, para iniciar o tratamento de profilaxia da raiva. O animal deve ficar isolado em um local seguro para observação.