Roraima e Amazonas unificam fiscalização em Jundiá

roraima e amazonas unificam fiscalização em jundiá

Numa iniciativa inédita no país, as superintendências do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em Roraima e no Amazonas unificaram a fiscalização de produtores de origem animal e vegetal em um único local: o posto fiscal de Jundiá, no município de Rorainópolis, no sul roraimense. A ação conjunta começou nesta semana e também envolve a Agência de Defesa Agropecuária de Roraima (Aderr) e a Agência de Defesa Agroflorestal do Estado do Amazonas (Adaf).

Segundo o superintendente do Mapa em Roraima, Plácido Alves, a unificação da fiscalização busca não só reforçará a eficiência do serviço como resultará na economia de despesas dos órgãos envolvidos. Essa ação, acrescenta, fortalecerá e resguardará as fronteiras de eventuais pragas e doenças. “O usuário da BR-174 terá um único local de fiscalização”, assinala.

O melhoramento do fluxo de informações também permitirá a criação de um banco de dados entre os dois estados para utilizá-lo em ações de enfrentamento a pragas e doenças que por ventura se propagem na região.

Técnicos das duas agências passaram por treinamento conjunto, a fim de conhecer as legislações dos dois estados sobre produtos de origem animal e vegetal. De acordo com o diretor da Aderr, Luís Claudio Estrella, 12 técnicos de Roraima e 23 do Amazonas receberam informações sobre os procedimentos e normas adotados pelos dois estados.

“Quatro equipes já estão trabalhando, em regime de revezamento de plantão de 24 horas, no posto de Jundiá”, diz Estrella.