Rondonópolis sedia 3ª Etapa do Campeonato Estadual de Tiro neste final de semana

Cerca de 200 atletas do tiro prático e esportivo do Estado estarão em Rondonópolis para participar da 3ª Etapa do Campeonato de Tiro de Mato Grosso. A competição será nos dias 25 e 26/06, no Clube de Tiro Marechal Rondon, localizado na Rodovia MT 130 KM 2,5.

O campeonato é aberto ao público e admiradores do esporte. Lá, poderá assistir provas de IPSC, Steel Challenge, Saque Rápido, Silhueta Metálica, Trap Americano e Fuzil de Precisão a 300 metros.

A única exigência para observar as provas é a utilização dos equipamentos de segurança: óculos (qualquer um, desde que proteja os olhos) e abafador e/ou protetor auricular.

AS MODALIDADES DO TIRO

ISPC – O grande desafio desta modalidade é conseguir a maior pontuação no menor tempo possível, percorrendo “stages” ou pistas de diferentes cenários. Em Roo, serão 10 pistas com 186 disparos mínimos. O Clube de Rondonópolis é caracterizado pelo elevado nível técnico das pistas, que são construídas atendendo regras rigorosas de segurança. Os atletas de IPSC são organizados em divisões de acordo com o tipo de arma do atirador. São elas:  Open, Standard, Classic, Production, Light e a mais tradicional de todas, Revolver.

Saque Rápido – Ainda é o grande desafio para os adeptos de recordes. Até hoje ninguém conseguiu atingir a pontuação máxima dessa modalidade (300 pontos). Ao iniciar a prova, o atleta deve estar com as mãos acima dos ombros, arma carregada no coldre, e os disparos devem atingir o centro do alvo. São 5 alvos a distâncias de 5 a 15 metros, com tempos pré-determinados de 3 a 8 segundos para cada série de 5 disparos.

Steel Challenge – Conhecida como Desafio do Aço, é uma modalidade da competição interessante ao expectador pelo uso de alvos metálicos reativos (de metal) e muito simples de ser compreendida – velocidade é tudo. A prova é disputada em 5 “strings” ou passadas, onde o competidor deverá atingir os alvos no menor tempo possível.

Silhueta Metálica – É considerada uma das modalidades mais difíceis. Possui características distinta do dinamismo das demais, pois exige estandes próprios. Os alvos são metálicos e lembram o perfil de galinhas, porcos, perus e carneiros. Eles são organizados em filas de 10 com distâncias entre 25 e 100 metros e o atirador tem 4 minutos para derrubar cada fileira. Concentração e muita precisão é a exigência básica para um competidor deste esporte.

Trap Americano – Imagine um prato de aproximadamente 10 cm saindo sem direção definida, de uma casamata semienterrada distante a 15 metros, numa velocidade de 50km/h. Este é o cenário do competidor do Trap, que se repete 100 vezes, em 5 posições diferentes. Ganha o que acertar mais pratos.

Precisão de Fuzil – Deitado, o competidor tem 10 minutos para acertar o centro de um alvo, que pode estar distante a 100, 200 e ou 300 metros. No Clube de Marechal Rondon, os alvos estarão a 300 metros de distância. Claro, ganha aquele que atingir a pontuação máxima, com acertos concentrados no meio do alvo.