Rondonópolis recebe segunda edição do GrandPrix escolar de Inovação

rondonópolis recebe segunda edição do grandprix escolar de inovação

Iniciou nessa terça-feira (12), em Rondonópolis, a segunda edição do GrandPrix de Inovação – Etapa Escolar, no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). São 120 estudantes técnicos de Automação, Eletrotécnica, Mecatrônica, Mecânica, Análises Químicas e Recursos Humanos que têm como meta encontrar soluções viáveis para os principais desafios da indústria e da sociedade.
Os participantes, divididos em 20 grupos, contam com apoio de professores especialistas que acompanharam todas as etapas do GrandPrix, a fim de nortear as iniciativas dos estudantes. A competição iniciou oficialmente às 13h30, quando foi dada largada com a divulgação dos desafios que envolvem: Meio Ambiente, Produtividade, combate ao Aedes Aegypti, Saúde e Segurança no Trabalho e Sustentabilidade.
Cada grupo teve até às 22h, dessa terça-feira (12), para desenvolver as ideias dentro do modelo Canvas (ferramenta de estimulo à criação e validação de modelos de negócios). Já na quarta-feira (13) será realizado o Elevator Pitch (exibição curta) dos projetos mais interessantes. Apenas um projeto de cada equipe será apresentado para a banca na etapa final do evento.
Os nomes dos vencedores serão divulgados na noite de quarta-feira (13), a partir das 21h30. Além de troféu e medalha, eles terão como prêmio um dia de imersão técnica na indústria Cervejaria Petrópolis, já os ganhadores do segundo lugar farão uma imersão na indústria Itap Bemis Centro Oeste. Os projetos também poderão ser submetidos ao Edital Senai Sesi de Inovação.
De acordo com o gerente do Senai de Rondonópolis, Carlos Braguini, entre os critérios para a escolha dos melhores projetos está o caráter inovador, a viabilidade técnica, escalabilidade, replicabilidade e uma pergunta chave: você investiria neste projeto? “Esse evento valida todo o trabalho que o Senai-MT tem feito ao levar o pensamento inovador para as salas de aula. Acreditamos que esse é um passo fundamental para que o país se torne mais competitivo”.