Rondonópolis desponta em segundo lugar no ranking estadual de geração de empregos em agosto

Rondonópolis desponta em segundo lugar no ranking estadual de geração de empregos

Rondonópolis dá exemplo quando o quesito é ocupação de postos no mercado de trabalho. Conforme a atualização do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho.

Divulgada na última sexta-feira (21), que informa sobre o cenário do mês de agosto, o município aparece em segundo lugar entre as cidades mato-grossenses, com 2.954 vagas de emprego formal registradas.

O Caged aponta, ainda, que houve 2.532 desligamentos, fechando o mês com 422 novos postos criados. Em primeiro lugar está Cuiabá, com 865 empregos.

No acumulado de janeiro a agosto de 2018, conforme o Caged, a cidade aparece na terceira posição no ranking estadual, perdendo apenas para Cuiabá e Sinop.

Dessa forma, foram contabilizados nesse período, 21.039 admissões formalizadas e 19.310 desligamentos, totalizando um resultado positivo de 1.729 vagas. O saldo em Cuiabá foi de 2.817 novos trabalhadores e em Sinop de  2.167 empregos gerados nesse intervalo de tempo.

Entre os setores que mais contribuíram para esse desempenho anual em Rondonópolis evidenciam-se o de setor de serviços, com 1.041 novos trabalhadores ativos, seguido do da construção civil, que contabilizou 396 postos a mais, e o agropecuário com acréscimo de 198 novas ocupações.