Reydner diz adeus ao União e quer antecipar eleição para renovação de diretoria

Reydner diz adeus ao União e quer antecipar eleição para renovação de diretoria

O presidente do União Esporte Clube, Reydner de Souza, quer antecipar o final do seu mandato, previsto para dezembro deste ano. A ideia de Reydner é antecipar o processo eleitoral de renovação da diretoria para até setembro deste ano e mais: ele não vai disputar a reeleição.

O dirigente entende que a antecipação é necessária para dar tempo para uma nova diretoria se preparar para o ano que vem. O União terá em 2023, um calendário cheio- o clube vai disputar no primeiro semestre o Estadual e a Copa do Brasil e no segundo semestre a Série D e a Copa Federação.

Na gestão de Reydner, o União chegou a  Copa do Brasil, foi à terceira fase da Série D do Campeonato Brasileiro, venceu  a Copa FMF de forma invicta, em 2021 e chegou a um vice-campeonato mato-grossense este ano.

“Meu mandato se encerra no dia 31 de dezembro e não tenho interesse na reeleição. Assumi as responsabilidades e acho que toquei muito bem. Fizemos um Campeonato Brasileiro da Serie D histórico para o União, ficamos entre os 10 melhores. Depois veio a Copa FMF, que eu prometi dar de presente para a torcida, e conseguimos ser campeões invictos. Veio o estadual e prometi disputar o título, e fizemos. Tudo aquilo que planejei foi cumprido”, explicou o presidente.

Vale ressaltar ainda que 2023, é considerado um ano especial para o Colorado, em razão da comemoração do cinquentenário do clube, marcado para o dia seis de julho.

Por outro lado, nenhum nome, nem de forma extraoficial, manifestou interesse em comandar o União.

 

Noticias Relacionadas

Novidades do PH! Deseja receber notificações sobre as atualizações mais recentes? Não Sim