Réus por tentativa de assassinato de ex-prefeito de Pedra Preta vão a júri popular

Redação Primeira Hora

Redação Primeira Hora

Foto: TJMT

Réus por tentativa de assassinato de ex-prefeito de Pedra Preta vão a júri popular

Cairo Roberto Torquato Bento e Kaio César Martins Borges, que são réus no caso de tentativa de assassinato do ex-prefeito de Pedra Preta, Nelson Dias de Moraes, vão a júri amanhã (15). O julgamento será realizado no Tribunal do Júri em Rondonópolis às 9h.

Além de Cairo e Kaio, o Ministério Público de Mato Grosso também havia denunciado a ex-nora da vítima, Christiane Oliveira Heitor de Mendonça e Juscelino Lira de Oliveira, que é seu primo, como mandantes do crime, mas a Justiça entendeu por impronunciar os dois por inexistência de indícios de autoria.

Já quanto aos réus, que vão a júri popular, a Justiça entendeu que há provas de materialidade e indícios de autoria do crime.

O CRIME

Nelson foi alvejado com dois tiros no dia 4 de maio de 2013 por um suspeito que estava na garupa de uma motocicleta, que era guiada por outro homem.

O ex-prefeito chegava em frente a sua residência na hora do crime, que ocorreu às 23h14, acompanhado de sua esposa. Nelson foi socorrido e levado ao Hospital Regional de Rondonópolis em estado grave, mas se recuperou.

Ele foi prefeito de Pedra Preta entre 2001 e 2004.

+ Acessados

Veja Também