Residencial Magnólia deve ser entregue em abril

| guiratinga | prefeitura amplia distribuição de água no distrito do alcantilado

A comissão de futuros moradores do Residencial Magnólia, que está sendo construído próximo a entrada da rodovia do peixe, e membros do Conselho Municipal de Habitação, receberam esclarecimentos do engenheiro da construtora responsável pela obra das 560 casas e da infraestrutura do residencial que está em fase de acabamento. O encontro foi no próprio Magnólia, na manhã desta sexta-feira (20), e, segundo o profissional, a entrega das chaves já poderá ocorrer no mês de abril.

O secretário de Habitação do município, Roberto Carlos de Carvalho, que esteve no encontro com o engenheiro, ressaltou que o período chuvoso está dificultando especialmente o término dos serviços de infraestrutura do bairro. “Há uma pequena vegetação em algumas partes do bairro que tem de ser retirada para que seja finalizada a terraplanagem e os serviços posteriores, mas ocorre que é exatamente ela que está segurando a enxurrada. Então eles estão aguardando a estiagem para que em algumas semanas façam toda esta parte”, explicou.

Em relação a questões de rede de energia elétrica, de água e saneamento básico, o secretário confirma que quase tudo está pronto para que os moradores possam ter acesso às casas. “Já fizeram todo o ‘posteamento’ e o que falta é apenas a rede Cemat/Energisa ir lá fazer a ligação, o que deve ocorrer na próxima semana. Rede de água e demais condições de infraestrutura básica também já estão plenamente garantidas a todas as casas, segundo o engenheiro”, repassou Roberto Carlos.

Sobre as avarias ocasionadas por um grupo de manifestantes que ainda em 2014 invadiu algumas casas e quebrou portas e vitrôs, o secretário ressalta que a troca de todos os materiais danificados já está sendo providenciada. “Como há uma padronização destas portas e outros acabamentos e a empresa de onde a construtora adquiriu é de São Paulo, eles pediram mais 20 dias para que os produtos cheguem até em Rondonópolis e sejam repostos”, disse.

Em termos burocráticos, especialmente os ligados ao Município, o secretário ressalta que os moradores já teriam condição hoje de entrar em suas casas. “A Secretaria de Habitação já tem todos os dossiês preparados, habite-se e tudo em dia de todos os moradores. A nossa parte já está pronta”.