Representantes do Rotativo Rondon reclamam do sinal de telefonia móvel no centro da cidade

| guiratinga | prefeitura amplia distribuição de água no distrito do alcantilado

A diretora do Rotativo Rondon Bruna Catharina Pinto, acompanhada da advogada da empresa, protocolou na tarde desta sexta-feira no Procon, a reclamação oficial por defeito na prestação de serviço da operadora de telefonia celular contratada.

O teor da reclamação baseia-se na má qualidade do serviço oferecido à empresa Rotativo Rondon, pela operadora de telefonia celular. “Nós contratamos a operadora após avaliar outras propostas técnicas, mas hoje enfrentamos uma série de problemas operacionais em função das constantes falhas no sinal da operadora com, inclusive, paralisações do serviço, sem a devida comunicação ou justificativa”, explicou a advogada Liz Ângela Brito de Lima Morina Vaz.

A diretora do Rotativo Rondon, Bruna Catharina, disse que com essas falhas a empresa corre o risco de não prestar um bom serviço ao usuário, além de sofrer prejuízos. “Nossa proposta é oferecer serviço de qualidade ao usuário que faz seu estacionamento na área central da cidade por meio de smartphones, web site ou mesmo com o cartão, que precisam de um bom sinal de telefonia móvel e internet para o pleno funcionamento. Além disso nosso controle entre base e monitores, monitores e central, é feita pelo sinal que a operadora oferece. Portanto, o que o Rotativo precisa é de um serviço eficiente para reverter essa excelência ao seu usuário”.

Depois de receber a reclamação, o diretor do Procon, Juca Lemos, expôs às representantes do Rotativo Rondon o encaminhamento que o processo seguirá e aproveitou para mostrar ocorrências que foram registradas no órgão por consumidores da cidade, a maioria justamente por questões provocadas pela má qualidade do sinal de telefonia celular e por falta de esclarecimentos na questão do direito aos 20 minutos de tolerância.

Bruna Catharina explicou que os casos estão sendo analisados e esclarecidos a cada um dos usuários na sede da empresa, na Rua Pedro Ferrer número 359. “Fazemos questão de receber o usuário e nos colocamos à disposição para que o nosso serviço seja realmente o melhor. Estudamos caso a caso e temos, inclusive, a oportunidade de mostrar o controle eletrônico que temos de toda a área central em nossa sede. O que queremos é um cliente satisfeito e que seja tratado com justiça e dignidade”, finalizou Bruna Catharina.