Quatro suspeitos de invadir agência bancária para furtar cofre são presos em flagrante em MT

policia-civil-mt

policia-civil-mt

Polícia Civil-MT

Quatro suspeitos de invadir agência bancária para furtar cofre são presos em flagrante em MT

Policiais civis e militares detiveram três dentro da agência e um quarto nas proximidades do banco

Quatro suspeitos de tentar furtar uma agência bancária em Vila Bela da Santíssima Trindade foram presos em flagrante, na noite de domingo (03.12) em uma ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar do município.

Os quatro criminosos, com idades entre 18 e 20 anos, foram autuados na Delegacia da Polícia Civil de Vila Bela pelos crimes de furto qualificado e associação criminosa.

Por volta das 22h30 de domingo, a polícia foi informada pelo pelo sistema de monitoramento do Banco do Brasil que a agência da cidade estava sendo alvo de furto e os suspeitos já estariam dentro do prédio.

Uma equipe da PM seguiu para o local e encontrou uma escada na parede, nos fundos da agência. Policiais civis chegaram na sequência e as equipes fizeram o cerco nos pontos possíveis de fuga. Após as ordens para que os suspeitos se entregassem, os três suspeitos que estavam dentro da agência desceram pela escada, foram imobilizados e presos em flagrante.


 

Durante entrevista, os três alegaram que vieram de Cuiabá e receberiam o valor de R$ 10 mil para praticar o furto. O grupo disse ainda que o furto foi planejado há alguns dias e havia outras pessoas envolvidas, que dariam apoio à ação criminosa.

Um quarto suspeito foi localizado em frente a um bar, a poucos metros da agência bancária. Os policiais localizaram ainda dois veículos – um Fiat Strada e uma camionete que foram usados para levar as ferramentas usadas na tentativa do furto e na fuga dos suspeitos.

Com o apoio da PM e Força Tática de Pontes e Lacerda e do Gefron foram realizadas buscas pelo mandante do crime, que escapou das equipes em uma camionete S10. O suspeito já está identificado.

A Polícia Civil fez uma varredura na agência, junto com o gerente do banco, e constatou que os criminosos presos conseguiram entrar no local onde está o cofre, mas não tiveram acesso. A Perícia Técnica foi acionada para os procedimentos necessários no local.

Foram encontradas ferramentas próximo ao cofre, como martelete, pé de cabra, malas, mochilas, lixadeira, uma marreta, uma talhadeira, disco de lixadeira, extensão e corda.

As buscas seguem para localizar outros possíveis envolvidos no crime.

+ Acessados

Veja Também