Quais as principais mudanças no corpo ao entrar na menopausa?

Picture of Giovana Fortunato

Giovana Fortunato

Dra. Giovana Fortunato, ginecologista e obstetra

Quais as principais mudanças no corpo ao entrar na menopausa?

Compartilhe:

O aumento da expectativa de vida faz com que as mulheres vivam tempo suficiente para experimentar importantes mudanças em seus corpos, algo que as mulheres de gerações anteriores não conseguiram vivenciar. Embora os médicos estejam adquirindo cada vez mais conhecimento a esse respeito, ainda há muito para se conhecer, sempre com o objetivo de promover mais qualidade de vida para as mulheres Afinal, as mulheres vivem cerca de um terço de suas vidas nessa fase!

O corpo da mulher é um sistema inteligentíssimo e repleto de hormônios essenciais para o perfeito funcionamento de um mecanismo que gera uma nova vida e a oportuniza vir ao mundo. Diversas fases compõem a vida feminina, e no artigo abaixo vamos desvendar as mudanças no corpo da mulher ao entrar na menopausa.

A fase da adolescência, em que a sexualidade desperta, chega carregada de dúvidas, medos e incertezas. 

Já na idade fértil, a mulher encontra muitas respostas para os seus anseios e quando decide ser mãe, acaba por comprovar o quanto a saúde de cada parte do seu corpo, hormônio ou célula é importante nessa jornada.

Por sua vez, a chegada da menopausa não fica para trás no que diz respeito às incertezas e inquietações. As mudanças no corpo da mulher ao entrar na menopausa, despertam dúvidas que precisam ser esclarecidas com cautela e atenção.

A menopausa é definida pela ausência de menstruação (amenorreia) por 12 meses consecutivos e é determinada de forma retroativa, representando o término, permanente, da menstruação. O período marca o fim da fase reprodutiva feminina, que ocorre, geralmente, entre os 45 e 55 anos de idade.

Contudo, antes mesmo da última menstruação, a mulher já começa a sentir as primeiras manifestações que preparam o corpo para tal acontecimento.

O período antes da menopausa é caracterizado pela queda gradativa dos hormônios femininos até que a produção cesse totalmente. Por este motivo, os primeiros sintomas já começam a aparecer com a chegada do que nós conhecemos como climatério.

Com a chegada do climatério, a mulher passa por um período de mudanças corporais que pode durar diversos anos. Essa transformação pode trazer desconfortos e necessidades de adaptação. 

Portanto, conhecê-las é o primeiro passo para aprender a conviver com tais mudanças e superá-las. 

Sendo assim, vejamos algumas delas:

1. Aumento da gordura abdominal:

2. Fragilidade óssea

3. Enfraquecimento de músculos e articulações

4. Ressecamento da pele

5. Queda de cabelos

6. Aparecimento das ondas de calor

Como aumentar a qualidade de vida nesta fase?

Perceba que eu citei algumas das principais mudanças no corpo da mulher ao entrar na menopausa. E que, além disso, citei hábitos saudáveis como alimentação e atividade física para combater alguns desses desconfortos e até mesmo, prevenir doenças graves.

No entanto, desejo destacar que a reposição hormonal na menopausa é uma opção inteligente para aliviar a sintomática dessa fase e para devolver qualidade de vida à mulher que enfrenta tais mudanças.

Se assim o desejar, a mulher precisa consultar o seu médico com o objetivo de encontrar a melhor constituição de reposição hormonal, sendo que é necessário levar em conta seu histórico de vida e suas condições de saúde atuais.

Pois, conhecer-se é o primeiro passo para alcançar uma vida longa e saudável.

Dra. Giovana Fortunato é ginecologista e obstetra, docente do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia do HUJM e especialista em endometriose e infertilidade no Instituto Eladium.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp