Publicada lista de novembro dos produtos com bônus do PGPAF, calculados pela Conab

Picture of Conab

Conab

Publicada lista de novembro dos produtos com bônus do PGPAF, calculados pela Conab

Compartilhe:

Um total de 18 produtos  receberão o bônus do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF), conforme portaria publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (9).  A Companhia Nacional Abastecimento (Conab) é o órgão responsável pela realização do cálculo do bônus. O benefício entra em vigência a partir do dia 10 de novembro, com validade até 9 de dezembro. 

Dentro desse grupo, apenas abacaxi de Sergipe e banana de Pernambuco não constavam na lista de bonificação do mês anterior, enquanto a batata deixou de participar da lista.

Entre os produtos que permanecerão com bônus em novembro estão a borracha natural cultivada (BA, SP, GO, MS, MT); a cana-de-açúcar (RJ), a castanha-de-caju (CE, PI, RN); o feijão comum cores (DF, GO, MS, MT, SC, TO); o feijão caupi (AP, TO, MA, MT); o girassol (MT); o leite (BA, CE, PE, SE); a mamona em baga (CE); a manga (BA); o mel de abelha (AL, MG, MS, SP, PR, RS, SC, RN, SE); o milho (AC, AP, PA, TO, MG, SP, RS, PR, SC, DF, GO, MS, MT); a raiz de mandioca (RJ); o sorgo (MG, DF, GO, MS, MT, SP, TO); o trigo (MG, SP, PR, RS, SC, DF, GO, MS); o triticale (SP) e a uva (RS).

Em relação às frutas, a queda na bonificação se deu pelas boas chuvas no nordeste do país, garantindo uma boa produção nessas localidades.

O bônus PGPAF é calculado com base no valor médio dos produtos e na lista são contemplados os cultivos cujos preços recebidos pelo produtor ficaram abaixo da garantia. A publicação da portaria com os valores de bonificação é realizada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA) e os descontos aos produtores são feitos em seus financiamentos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Confira aqui a lista do mês de novembro.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp