PSB pode chamar Dorileo Leal para aumentar força em 2020

Projeto de Lei de Max Russi prevê isenção de taxa para emissão de documentos que foram roubados ou furtados
Max Russi preside o PSB em

O presidente regional do PSB, o deputado estadual Max Russi, está trabalhando para que a sigla dispute o processo eleitoral do ano que vem com nomes fortes. Na capital do Estado, por exemplo, Max convidou o empresário João Dorileo Leal, dono do Grupo Gazeta de comunicação para ser pré-candidato do partido.

A informação foi dada pelo site cuiabano Rdenws e, no entanto, ainda não houve resposta por parte do empresário ao deputado. Em 2016, Dorileo que estava no MDB, chegou a ser cotado para a disputa, mas acabou recuando do projeto.

Em Rondonópolis, município polo da região Sudeste do Estado, o PSB tem trabalhado o nome do ex-presidente da Câmara, Ibrahim Zaher. Ele, no entanto, ainda não se filiou ao partido, mas já é apresentado como pré-candidato da sigla.

Ibrahim tem conversado com líderes de outros partidos para buscar uma composição. O empresário tem participado de reuniões com Thiago Silva, pré-candidato do MDB e Thiago Muniz que pode também disputar a eleição do ano que vem pelo DEM.

O PSB, no entanto, caso não lance Ibrahim pode compor com o arco de alianças do prefeito Zé Carlos do Pátio, alguns líderes locais da sigla têm mantido conversas com o grupo do prefeito e com o articulador político de Pátio, o secretário de Apoio à Segurança Pública, Valdemir Castilho, o Biliu. Em uma futura composição com o prefeito não estaria descartada a possibilidade do partido assumir uma secretaria, que poderia ser a de cultura e o nome cotado seria de Valter Arantes. Nesta composição, o atual  secretário de Cultura, Humberto de Campos, assumiria o comando do IPPUR,  cargo que está vago deste a saída de Cláudia Lugli do cargo.

Ibrahim Zaher confirma ida para o PSB que o lançará como pré-candidato a prefeito