Proposta de redução de vereadores gera “farpas” entre parlamentares

Assessoria Câmara Municipal



A proposta do vereador Jailton Dantas , o Jailton do Pesque Paque (PSDB) ,que prevê a redução de 21 para 15 vereadores provocou a reação imediata do vereador João Mototaxi, que em grupos de whatsapp disparou de forma dura contra o seu colega parlamentar.

Jailton, em discurso, reclamou de ausência de vereadores em reunião de comissões e até mesmo em sessões, onde não há quórum e por isso defendeu a redução de 21 para 15. Jailton alega que essa medida poderia gerar uma economia de R$ 8 milhões aos cofres públicos.

O parlamentar tucano adiantou que conta com o apoio dos vereadores Rodrigo da Zaeli (PSDB) , Guinancio (PSDB) e Roni Magnani (PP) e deve protocolar o projeto nesta quinta-feira (22).

Escola de Rondonópolis recebe projeto de informática pedagógica
Vereador reclama de discursos de Jailton

Mototaxi diz que ao invés de propor esse tipo de medida, Jailton deveria ir à tribuna é dizer o nome de quem não estava presente na sessão e também anunciar os vereadores que vão embora mais cedo das sessões, das reuniões da ordem do dia, e das comissões.

O parlamentar do PSL, que deve migrar para o PTB, ainda completou dizendo que Jailton estaria a favor da medida pelo fato de não ser candidato no ano que vem e completou dizendo que se o Tucano pensa em economia deveria devolver a verba de gabinete, seguindo o exemplo do vereador Guinancio, que no início do mandado abriu mão da verba indenizatória.

A questão do número de vereadores em Rondonópolis é antiga, até o processo eleitoral de 2004 a cidade contava com 17 vereadores, depois houve uma redução para 12 parlamentares que durou até as eleições de 2012, quando a Câmara passou a ter 21 vereadores.