Projeto na Câmara vai rever números de táxis e mototáxis na cidade

Projeto na Câmara vai rever números de táxis e mototáxis na cidade

A Câmara de Vereadores, vota na sessão de hoje (26) , em regime de urgência, dois projetos de Lei de autoria do executivo municipal que limita o número de mototaxis e táxis em circulação na cidade.

Pelo projeto que será votado a cidade poderá ter um táxi circulando na cidade na proporção de 1270 habitantes, o que representa no máximo 188 veículos em circulação. A Lei atual que está em vigor permite dois táxis a cada 1000 habitantes podendo ter até 437 carros de táxi,

.Com essa mudança, a cidade pode ter um número menor de vagas para o serviço.

O último levantamento em que o Primeira Hora teve acesso mostrava a cidade com 162 táxis em circulação.

Esse número, no entanto, deve ter diminuído, em razão do crescimento dos veículos que fazem serviço via aplicativo.

Na questão dos mototaxis, o projeto prevê que o número de mototaxitas na cidade deve ser em no máximo 0.27% da população. Levando-se em conta que a cidade tem pela última estimativa do IBGE um total de 239.623 habitantes , a cidade poderá ter no máximo 646 mototáxistas.

Na atual Lei esse o volume de porcentagem é de 0,41% , o que poderia garantir a autorização de mais de 900 mototaxitas.

O último levantamento que o Primeira Hora fez apresenta a cidade com um total de 646 mototaxistas.

Noticias Relacionadas